Bispo de Leiria-Fátima vive isolamento na oração, «unido ao povo»

Leiria, 07 Abr 2020 (ECCLESIA) – O cardeal D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima, considera na mensagem pascal enviada à Agência ECCLESIA que “tem havido uma criatividade muito grande em encontrar soluções alternativas” neste período de pandemia.

“Neste momento Deus nos convida a viver a Páscoa num ambiente familiar, em casa, num ambiente mais restrito em que somos obrigados a permanecer. Mas viver a Páscoa em casa não quer dizer que a deixamos de a celebrar”, indica.

Através das novas tecnologias “também passa o Espírito Santo”, refere o cardeal, porque “não é uma comunicação meramente virtual, o Espírito Santo fala às pessoas, às consciências e aos corações”.

O responsável católico deseja que os cristãos celebrem a Páscoa “não só no ponto de vista meramente humano, uma boa refeição, mas também com o pão espiritual”.

Nos últimos dias, o cardeal português está “a cumprir as indicações dadas” e tem “estado em casa seguindo o confinamento”, o que o obrigou “a cancelar encontros com jovens, celebrações nas paróquias e reuniões com organismos diocesanos”, relatou.

O facto de estar isolado “não significa que esteja inativo” porque “é um momento para pôr em ordem alguns assuntos, mais tempo para leitura de livros e também um tempo de mais oração”, disse.

Num momento de isolamento, D. António Marto afirma que “está muito unido ao povo” sobretudo “na oração”.

O bispo de Leiria-Fátima confessa ainda que “sente falta do contacto vivo e pessoal, de olhos nos olhos”.

Ao longo da Semana Santa, a ECCLESIA publica mensagens em vídeo dos bispos portugueses, com a colaboração dos serviços diocesanos, a respeito da celebração da Páscoa em tempos de pandemia.

LFS/OC

A Agência Ecclesia agradece às várias dioceses o envio da gravação das mensagens pascais

Leiria-Fátima: Bispo diocesano publica nota pastoral para celebração da Páscoa em casa

Partilhar:
Share