D. Nuno Brás destacou a  missão de ajudar os outros a ser felizes

Foto: Jornal da Madeira

Funchal, 25 jun 2021 (Ecclesia) – O bispo do Funchal, D. Nuno Brás, visitou o Calhau da Lapa, no Campanário, assinalando o dia de São João, em que as insígnias do Espírito Santo vão àquele lugar, onde destacou a “missão de ajudar os outros a ser felizes”.

”Temos a missão de ajudar os outros a serem felizes, que o mesmo é dizer, temos de nos ajudar uns aos outros a viver com Deus, de nos ajudar uns aos outros a caminharmos para a felicidade”, disse D. Nuno Brás na sua homilia da Eucaristia a que presidiu, esta quinta-feira.

O bispo do Funchal sublinhou que aquele lugar, a primeira vez a ser visitado por um bispo, também é “sinal” dessa ajuda.

“Foi precisamente isso que aconteceu aqui, o que aqui vemos é sinal disso. Contaram-me que a igreja do Campanário foi feita à conta da iniciativa do povo de vir aqui buscar material, de se ajudarem uns aos outros para construir a igreja”, referiu, numa intervenção divulgada pelo ‘Jornal da Madeira’.

Em dia de São João Batista, o prelado apontou o sonho de Deus para cada um e fez ainda uma referência ao “filho da terra”.

“Assim como os pais e as mães sonham que o filho que há de nascer vai ser médico, engenheiro, futebolista como o Ronaldo, Deus também tem um sonho para todos nós, para cada um de nós”, assinalou.

No fim da celebração, solenizada pelo grupo da Universidade Sénior da Ribeira Brava, decorreu a bênção das embarcações que se encontravam fundeadas nas imediações do cais e a visita a mais algumas das casas e furnas ali existentes.

SN

Partilhar:
Share