Coimbra, 25 jun 2021 (Ecclesia) – A Cáritas Diocesana de Coimbra, sensibilizada pela situação vivida em Cabo Delgado, Moçambique, apoiou, com um donativo de 20 mil euros, a ação caritativa desenvolvida pela Cáritas Diocesana de Pemba.

Esta ação contribuiu para “a ajuda humanitária indispensável para apoiar a população de uma região na qual se estima que existam, atualmente, cerca de 250.000 deslocados internos das comunidades atacadas pelos insurgentes no norte da província de Cabo Delgado”, refere uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Através desta contribuição, a Cáritas de Coimbra pretende “apoiar uma das organizações locais” que trabalha diariamente com estas comunidades para manter a sua dignidade e dar-lhes esperança.

Recorda-se que a região de Cabo delgado foi afetada pelos ciclones Idai e Kenneth, sendo que as regiões Central e Norte de Moçambique estavam já em emergência derivada das cheias.

A violência e as catástrofes naturais, ainda agravadas com a pandemia, têm tido consequências devastadoras nesta região e nos seus habitantes.

LFS

Partilhar:
Share