Bispo emérito auxiliar do Porto recorda a visita do Papa João Paulo II em 1982

Porto, 21 mai 2022 (Ecclesia) – D. António Taipa, bispo emérito auxiliar do Porto, recordou à Agência ECCLESIA a visita de São João Paulo II em 1982, à diocese do Porto, onde a “diocese veio para Avenida dos Aliados” para ver o Papa.

“Foi um dia para não esquecer mais, a multidão, o Papa, o à vontade do Papa, a brincadeira… ‘Vale a pena estar no seminário’, disse-me, e vieram-me as lágrimas aos olhos”, lembra D. António Taipa.

  1. D. António Taipa recorda que “a diocese veio para a Avenida dos Aliados” mas, com os atrasos do Papa, “que não pôde vir de avião, por estar a chover, e teve de vir de comboio”, teve de se “aguentar a multidão”.

“Aguentar a multidão foi quase um milagre do cónego Ferreira dos Santos, ainda vivo, e arranjou uma músicas e uns ‘vivas’ ao Papa e manteve o entusiasmo das pessoas”, conta.

Em 1982, D. António Taipa era reitor do Seminário do Porto e não esquece mais “o entusiasmo da rapaziada toda, pendurada nas janelas para colocar uma tarja de boas-vindas” ao Papa e destaca que “viveram de forma intensa, os rapazes inventavam e criavam”.

Foto Clube de Colecionadores de Gaia

“Não havia televisão e arranjei uma mini televisão para eles verem as reportagens. Foi maravilhoso o impacto que teve na gente do seminário, algo único”, indica.

O entrevistado sente que esta visita “marcou a diocese” e recorda que “os reptos das pessoas e a alegria que ficou foi uma coisa maravilhosa”.

Recordando a visita do Papa João Paulo II ao Porto em 1982, o bispo emérito auxiliar do Porto, destaca um momento peculiar.

“O Papa passou a ponte D. Luís de carro e parou a meio, para quem lá estava foi das maiores bênçãos dele, ter parado e ido ao parapeito e abençoou aquela gente”, indica.

A entrevista a D. António Taipa integra o programa 70×7 deste domingo, 22 de maio, na RTP 2 pelas 17h25, intitulado “João Paulo II há 40 anos em Portugal”.

HM/SN

Partilhar:
Share