Cerca de 200 elementos vão animar celebrações da Jornada de Lisboa

Lisboa, 04 jun 2021 (Ecclesia) – A organização da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) 2023, em Lisboa, abriu as inscrições para o coro que vai animar as celebrações do evento promovido pela Igreja Católica, “um projeto musical único”.

“É com muita alegria que iniciamos este processo de recrutamento que porá em evidência os dons de tantos jovens de todo o país”, assinala Teresa Cordeiro que, no Comité Organizador Local, coordena a equipa da Música, responsável pela seleção do coro.

As inscrições são destinadas a pessoas entre os 15 e 30 anos de idade à data de 31 de agosto de 2023, com “experiência coral e competências básicas de leitura musical”.

Na primeira fase de captação de talentos, que decorre nos meses de junho e julho, cada comité organizador diocesano fará uma pré-seleção de até 10 candidatos que serão, depois, convidados a participar em audições presenciais, nos meses de outubro e novembro, em Lisboa.

“Os elementos escolhidos para integrar o coro, que contará com cerca de 200 elementos, deverão ter disponibilidade para se deslocar a Lisboa para os ensaios”, acrescenta a nota da organização.

A JMJ Lisboa 2023 prevê ensaios com a duração de um fim-de-semana nos meses de julho e outubro de 2022, janeiro, março, abril, junho e julho de 2023.

Para mais informações sobre o processo de inscrições, que termina no fim de julho, os interessados podem contactar as suas respetivas dioceses, através de endereços eletrónicos divulgados online.

A escolha de Lisboa como primeira cidade portuguesa a acolher uma edição internacional da JMJ aconteceu há dois anos, no dia 27 de janeiro de 2019, no Panamá.

As JMJ nasceram por iniciativa do Papa João Paulo II, após o sucesso do encontro promovido em 1985, em Roma, no Ano Internacional da Juventude.

As edições internacionais destas jornadas promovidas pela Igreja Católica são um acontecimento religioso e cultural que reúne centenas de milhares de jovens de todo o mundo, durante cerca de uma semana.

A primeira edição aconteceu em 1986, em Roma, e desde então a JMJ já passou pelas seguintes cidades: Buenos Aires (1987), Santiago de Compostela (1989), Czestochowa (1991), Denver (1993), Manila (1995), Paris (1997), Roma (2000), Toronto (2002), Colónia (2005), Sidney (2008), Madrid (2011), Rio de Janeiro (2013), Cracóvia (2016) e Panamá (2019).

OC

Partilhar:
Share