Passagem de testemunho de D. Amândio Tomás para D. António Augusto Azevedo decorre na catedral, a partir das 16h00

Agência Ecclesia/MC

Vila Real, 29 jun 2019 (Ecclesia) – A Diocese de Vila Real vive este domingo um dia de festa com a tomada de posse de D. António Augusto Azevedo, o sexto bispo da história deste território católico, numa cerimónia que decorre pelas 16h00, na catedral.

A celebração começa sob a presidência do atual administrador apostólico, D. Amândio Tomás, que foi bispo da diocese desde 2011 até ao último dia 11 de maio, quando o Papa tornou pública a nomeação do seu sucessor, após ter atingido o limite de idade determinado pelo direito canónico para esta missão.

A celebração começa com a receção na Catedral, onde o novo bispo é recebido pelo pároco e beija o crucifixo que este lhe apresenta.

Todos os bispos e sacerdotes presentes paramentam-se no seminário, de onde sai a procissão rumo à Sé, para a Eucaristia, inicialmente presidida por D. Amândio Tomás; após a leitura da Carta Apostólica de nomeação, pelo representante diplomático do Papa em Portugal (núncio apostólico), tem lugar a profissão de fé e juramento de fidelidade à Sé Apostólica, por parte do novo bispo.

Simbolicamente, D. Amândio Tomás entrega o báculo a D. António Augusto Azevedo, que passa a presidir à celebração; no final da Eucaristia faz-se a leitura e assinatura da ata da tomada de posse.

O novo bispo fica na catedral para receber os cumprimentos das autoridades e convidados

A Diocese de Vila Real foi criada pelo Papa Pio XI pela Bula ‘Apostolicae Praedecessorum Nostrorum’, de 20 de abril de 1922; tem 4273 km2 e 264 paróquias; o primeiro bispo de Vila Real foi o D. João Evangelista Vidal (1923-1933), seguindo-se D. António Valente da Fonseca (1933-1967), D. António Cardoso da Cunha (1967-1991) e D. Joaquim Gonçalves (1991-2011), já falecidos; e D. Amândio José Tomás (2011-2019).

Agência Ecclesia/MC

Natural de Avioso, no Concelho da Maia (Diocese do Porto), D. António Augusto Azevedo tem 57 anos; foi ordenado padre a 13 de julho de 1986 e, após o curso de Teologia, estudou Filosofia na Universidade Pontifícia Gregoriana, de Roma.

Antes de ser nomeado bispo auxiliar do Porto, no dia 9 de janeiro de 2016, o sacerdote lecionou na Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa (UCP), no Centro de Cultura Católica e no Curso de Pastoral do Seminário Maior, sempre no Porto, tendo colaborado ainda com a Escola de Direito e da Faculdade de Educação e Psicologia da UCP.

O novo bispo de Vila Real foi esta semana o convidado da entrevista semanal conjunta Renascença/Ecclesia e a sua tomada de posse vai estar hoje em destaque nas emissões dos programas 70×7 (18h00, RTP 2) e Ecclesia (Antena 1, 06h00).

OC

Novo bispo chega a Vila Real, a caminho do centenário e com olhar otimista sobre o Interior

 

Partilhar:
Share