Lisboa, 29 abr 2018 (Ecclesia) – O padre Celestino Augusto Manso faleceu este sábado aos 87 anos de idade, anunciaram as dioceses de Bragança-Miranda e Lisboa.

A celebração das exéquias está marcada para hoje, pelas 14h00, na igreja matriz de Vale de Figueira, Diocese de Setúbal.

O falecido sacerdote era natural de Poiares, Concelho de Freixo de Espada-à-Cinta, onde nasceu no dia 22 de dezembro de 1930; fordenado presbítero a 3 de julho de 1955, por D. Abílio Vaz das Neves, no Seminário de São José, em Bragança.

Entre 1965 e 1974 realizou comissões militares em Angola e Moçambique e foi depois capelão da Região Militar de Lisboa.

No Patriarcado de Lisboa, o sacerdote colaborou nas paróquias de Paço de Arcos, Oeiras, Laveiras-Caxias, Nova Oeiras, São Julião da Barra e Barcarena.

O sacerdote foi também conselheiro espiritual de duas Equipas de Casais de Nossa Senhora, até 2016, e acompanhou os movimentos dos Convívios Fraternos e Cursilhos de Cristandade.

Celebrou as Bodas de Ouro Sacerdotais em Trás-os-Montes, na sua terra natal, em 2005.

Em Poiares, Freixo de Espada-à-Cinta, vai ser celebrada hoje uma Eucaristia, pelas 15h00.

OC

Partilhar:
Share