Bispo da Guarda considera que a cruz e o ícone vão ajudar na construção da paz e da alegria

Foto: Agência ECCLESIA/LFS

Guarda, 07 Mar 2022 (Ecclesia) –D. Manuel Felício considera que a peregrinação dos símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) na Diocese da Guarda vão interpelar os jovens rumo a 2023, mas também “a caminhar na fé, no bem e na construção da paz e da alegria”.

“Receber nesta linda praça, no coração da cidade da Guarda, os símbolos da JMJ é sinónimo de alegria interpeladora rumo às JMJ a realizar na cidade de Lisboa, mas também ajudam a caminhar na fé, no bem e na construção da paz”, disse, este sábado, o bispo da Guarda, na festa de acolhimento da cruz e do ícone de Nossa Senhora da JMJ.

Os símbolos da JMJ (cruz e ícone) vão percorrer, ao longo deste mês de março, a diocese da Guarda e “são um desafio para uma vida com mais qualidade, tanto pessoal como comunitária”, frisou D. Manuel Felício.

“Espero que a passagem dos símbolos seja um abanão nas comunidades para que elas se renovem”, salienta.

Os símbolos da JMJ vão percorrer os cantos e recantos da Diocese da Guarda na Quaresma, “tempo de mudança, de renovação e de conversão”, neste contexto são desafiadores “para uma vida comunitária mais forte e alinhada com o evangelho”.

“Uma das grandes tentações dos tempos atuais é ficar agarrado às máquinas”, mas D. Manuel Felício deseja que esta peregrinação seja “um tempo forte” de encontro.

O responsável pela Pastoral Juvenil da Diocese da Guarda, padre Rafael Neves, espera que o mês de março seja “um cansaço bom” e um “momento marcante na vida da diocese e dos jovens”.

O padre Rafael Neves pretende que os símbolos da JMJ sejam o mote para uma peregrinação conjunta.

“Os símbolos irem às pessoas e as pessoas irem até aos símbolos”, afirmou.

A Diocese da Guarda é “muito extensa” e “com ambientes muito diferentes”, mas a cruz e o ícone vão estar em “várias realidades”, e o momento “mais marcante será a via-sacra a realizar no alto da torre da Serra da Estrela, o ponto mais alto de Portugal continental”, acentuou.

Esta segunda-feira, 07 de março, a cruz e o ícone estão em Pinhel e Figueira de Castelo Rodrigo.

LFS

Símbolos JMJ - Portalegre e Guarda

 

Partilhar:
Share