Funchal, Madeira, 11 mar 2019 (Ecclesia) – O bispo do Funchal presidiu este domingo à Missa que encerrou o Dia Vicentino, na capital madeirense, convidando os participantes a uma vida de serviço ao próximo.

A Quaresma, referiu D. Nuno Brás, “é um convite a todos os cristãos, e de uma forma particular aos Vicentinos, a ouvir com os ouvidos de Deus e a ver com os olhos de Deus”, para ajudar todos.

Numa intervenção citada pelo Jornal da Madeira, publicação online da diocese, o prelado advertiu que as pessoas vivem “como se Deus não existisse, ou não fosse importante”, quando se sabe que “nem só de pão vive o homem e que Deus é tão importante como o alimento”.

“Nunca descansem, porque o amor de Deus nunca descansa, está sempre em ação e nós somos esta presença do amor de Deus”, acrescentou.

OC

Partilhar:
Share