Fátima, 07 jun 2018 (Ecclesia) – A Associação dos Padres do Prado vai promover um encontro sobre a ‘Espiritualidade do Padre Diocesano’, a 4 e 5 de julho, e um encontro de leigos, também no próximo mês, mas dia 21, em Fátima.

Num comunicado enviado à Agência ECCLESIA, a organização destaca a participação do padre espanhol Félix Ayuso, que é pároco em Roma e acompanha sacerdotes que querem conhecer a associação.

O encontro de espiritualidade, nos dias 4 e 5 de julho, é “aberto a todos os padres diocesanos” e “seminaristas finalistas” que queiram conhecer as intuições que o padre Antoine Chevrier, fundador do Prado, propõe para a vida sacerdotal.

Depois, no dia 21 de julho, a Associação dos Padres do Prado dinamiza o 17.º encontro nacional de leigos ‘à maneira do Evangelho’, também no Instituto Secular das Cooperadoras da Família, em Fátima.

Com o tema ‘Reaviva o dom que há em ti’ (2Tm. 1,6), o encontro tem três objetivos: “Conhecer melhor Jesus Cristo, fundamento da nossa fé; agradecer os dons que recebemos e devemos pôr a render” e “aprofundar o conhecimento do método de estudo do Evangelho utilizado e proposto pelo P. António Chevrier”.

Os animadores são os padres José Maria Furtado e Horácio Noronha, da Diocese de Setúbal; aos participantes é proposto, como preparação pessoal e/ou em grupo, “ler um dos Evangelhos” e procurar resposta para duas perguntas: “Quem é Jesus? O que me ensina?”

A Associação Padres do Prado, que se dedica de modo especial aos mais pobres, foi fundada há 158 anos por Antoine Chevrier, sacerdote da diocese de Lyon (França) beatificado por João Paulo II, a 4 de outubro de 1986.

“Todos os pobres têm direito a escutar o Evangelho e a Palavra de Cristo”, disse o Papa Francisco a delegação da associação que recebeu em audiência, a 7 de abril deste ano, no Vaticano.

CB/OC

Partilhar:
Share