Bispo da Diocese de Leiria-Fátima divulgou uma mensagem de «serenidade, gratidão e confiança para tranquilizar todos os colaboradores e peregrinos»

 

Leiria, 09 set 2020 (Ecclesia) – O bispo de Leiria-Fátima divulgou hoje uma mensagem de «serenidade, gratidão e confiança para tranquilizar todos os colaboradores e peregrinos» do Santuário de Fátima, que “tudo fará para ser a solução e nunca um problema”

“O Santuário tudo fará para ser a solução e nunca um problema e muito menos para agravar os problemas que já existem”, afirmou o cardeal D. António Marto numa mensagem vídeo divulgada nas redes sociais da Diocese de Leiria-Fátima.

O bispo de Leiria-Fátima divulgou a mensagem na sequência das notícias sobre despedimentos no Santuário de Fátima no contexto de um plano de reestruturação, que causaram “um clima de perturbação” entre os seus colaboradores e na “população em geral”, para deixar um testemunho público” de tristeza e transmitir uma “palavra de serenidade, gratidão e confiança para tranquilizar todos os colaboradores e peregrinos”.

“Como responsável do Santuário, acompanho de perto todas as decisões da Reitoria. Em momento algum senti que as opções tomadas alguma vez pudessem prejudicar o cumprimento integral da missão do santuário ou afastar-se dos princípios da Doutrina Social da Igreja. Bem pelo contrário”, afirmou.

D. António Marto lembrou o comunicado do Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa, esta terça-feira, que manifesta a “sintonia” com as orientações do Santuário, o “apreço pelo trabalho realizado” com repercussões a nível nacional e internacional e a satisfação pelo facto de não haver despedimentos dos seus funcionários.

“O sentido pastoral no acolhimento dos peregrinos, o empenho no anúncio e difusão da Mensagem de Fátima, o profundo sentido evangélico com que aqui se desempenham todas e cada uma das atividades empelem-me em deixar esta minha palavra pessoal de apreço, gratidão, confiança e solidariedade para com todos os trabalhadores, os voluntários e para com toda a equipa de responsáveis que os dirige”, afirmou.

“É a vossa competência e sentido de missão que fazem desta casa a casa de tantos e tantos peregrinos. Sois a face de uma Igreja missionária que acolhe, que consola, que cura feridas. Convosco tudo faremos para que o Santuário continue a ser o sustento para os que aqui trabalham e o alento para os que o procuram”, referiu.

D. António Marto terminou a sua mensagem agradecendo as manifestações de apoio e solidariedade a todos os “peregrinos e amigos de Fátima”.

“Tudo faremos para continuar a merecê-las. A Cova da Iria será sempre um lugar especial que guardais nos vossos corações”, afirmou.

PR

Fátima: Bispos descartam cenário de despedimentos (c/vídeo)

Partilhar:
Share