Santuário repete fórmula de outubro de 2020, «salvaguardando todas as questões de segurança»

Foto: Santuário de Fátima

Fátima, 05 mai 2021 (Ecclesia) – O Santuário de Fátima informou hoje que a peregrinação internacional do 13 de maio vai ser celebrada com lotação limitada a 7500 pessoas no Recinto de Oração, devido às restrições impostas pela pandemia.

“Em articulação com as autoridades de saúde, como sempre fez, o Santuário garantirá uma vez mais o acolhimento dos peregrinos, em total segurança, prosseguindo a aplicação das regras em vigor neste contexto de pandemia em todas as celebrações  como o uso obrigatório de máscara, o distanciamento físico e a higienização das mãos”, indica uma nota da instituição, enviada à Agência ECCLESIA.

A peregrinação do 13 de maio de 2020, durante a primeira vaga da pandemia, decorreu sem a presença da multidão, perante uma delegação simbólica em representação dos peregrinos.

As celebrações de outubro do último ano decorreram, com medidas adicionais ao plano de contingência, na presença de cerca de 6 mil peregrinos.

O Santuário informa que, à imagem do que aconteceu no 13 de outubro de 2020, as entradas no Recinto se farão por oito portas, devidamente assinaladas, nos lados norte e sul do Santuário.

Nas entradas estarão acolhedores, com dispensadores de álcool gel, que indicarão os lugares para onde deverão seguir os peregrinos, que se devem manter no mesmo sítio durante as celebrações.

O Santuário apela, uma vez mais aos peregrinos que tão responsavelmente têm seguido as suas orientações, que possam neste mês de maio, de novo, corresponder às exigências do atual momento, que apesar de ser melhor ainda não oferece garantias para Fátima acolher sem reservas e precauções todos os peregrinos que habitualmente se deslocam à Cova da Iria nesta data, provenientes de todos os lugares do mundo”.

A peregrinação tem como tema “Louvai o Senhor, que levanta os Fracos” e será presidida pelo cardeal português D. José Tolentino Mendonça.

Os espaços ao longo do Recinto de Oração estão assinalados por círculos e em cada um  poderão ficar apenas  peregrinos que pertençam ao mesmo agregado.

Durante as celebrações e para evitar movimentação dos peregrinos no Recinto que comprometam a manutenção do distanciamento físico, as zonas da Capelinha das Aparições e do queimador das velas estarão vedadas.

Numa atitude responsável e consciente, o Santuário considera que a saúde está acima de tudo e, por isso, este maio ainda não poderá acolher todos quantos gostariam de estar presentes na Peregrinação Internacional Aniversária, que assinala a primeira Aparição de Nossa Senhora aos Pastorinhos”.

As celebrações começam no dia 12 de maio, com a recitação do Rosário às 21h30; segue-se a Procissão das Velas e a Celebração da Palavra.

No dia 13, o Rosário será recitado às 09h00, seguindo-se a Missa Internacional às 10h00.

Ainda a 13 de maio, pelas 17h00, o Santuário de Fátima associa-se à maratona de oração pelo fim da pandemia, promovida pelo Papa, rezando, como intenção particular, por todos os presos.

OC

Fátima: D. António Marto destaca vontade dos peregrinos de regressar à Cova da Iria

 

Partilhar:
Share