Iniciativa do Papa Francisco convoca 30 santuários marianos no mês de maio

Cidade do Vaticano, 28 abr 2021 (Ecclesia) – O Santuário de Fátima vai rezar por ‘todos os presos’, às 17h00 do dia 13 de maio, na “maratona” de oração pelo fim da pandemia Covid-19, convocada pelo Papa Francisco.

Num comunicado enviado à Agência ECCLESIA, o Conselho Pontifício para a Nova Evangelização (Santa Sé) informa que para além do Rosário, cada dia do mês de maio tem uma intenção de oração pelas “pessoas mais afetadas” pela pandemia Covid-19.

Os 30 santuários marianos vão rezar, por exemplo, pelas pessoas que “não puderam dizer adeus aos seus entes queridos”, por todos os profissionais de saúde, pelos pobres, pelas pessoas em situação de sem abrigo por quem tem dificuldades económicas, pelos idosos e pelos jovens e por todos os falecidos.

O Santuário de Fátima, que vai participar nesta iniciativa de oração pelo fim da pandemia Covid-19, vai rezar por todas as pessoas presas, a partir das 17h00, no dia 13 de maio, quando se assinala o 104º aniversário da primeira aparição de Nossa Senhora aos três pastorinhos videntes.

Os santuários são convidados a promover e solicitar “a participação dos fiéis”, para que todos possam dedicar um momento à oração quotidiana, “no carro, na rua e graças às tecnologias de comunicação, com o smartphone”, pelo fim da pandemia e o regresso das atividades.

O Papa vai dar início a esta iniciativa mundial e rezar “pela humanidade ferida”, junto ao ícone de Nossa Senhora do Bom Sucesso, já venerado no século VII, a partir das 18h00 locais (menos uma hora em Lisboa) este sábado, dia 1 de maio, na Basílica de São Pedro.

O Conselho Pontifício para a Nova Evangelização informa que vão participar famílias e jovens representantes de movimentos; Francisco vai abençoar “terços especiais”, que têm como objetivo esta iniciativa, e que vão ser enviados aos trinta santuários marianos que vão participar na maratona.

O Papa vai também encerrar esta “maratona” mundial, no último dia do mês de maio que, na tradição católica, é particularmente dedicado à oração mariana, e rezar pelo fim da pandemia e regresso da “vida social e profissional”, nos jardins do Vaticano.

No comunicado, a Santa Sé adianta que vão participar 30 santuário de diversos países como Inglaterra, Polónia, Bélgica, Espanha, dos Estados Unidos, de Cuba, México e Brasil, da Coreia do Sul, Filipinas, Japão, Argélia e Nigéria, Israel, Líbano e Austrália.

‘De toda a Igreja subia incessantemente a oração a Deus’ é o tema da maratona de oração que vai ser dinamizada pelo Conselho Pontifício para a Nova Evangelização (Santa Sé).

CB

Partilhar:
Share