Universidade Católica organiza colóquio «Eutanásia ou a Cultura do Cuidado», a 23 de abril

Lisboa, 10 abr 2018 (Ecclesia) – A Federação Portuguesa pela Vida (FPV) está a dinamizar a campanha ‘Toda a Vida tem Dignidade’, “em defesa de uma sociedade que cuida, não mata”, com presença na internet nas redes sociais.

“Somos contra a legalização da eutanásia porque acreditamos numa sociedade que não abandona as pessoas doentes e, em sofrimento, à indignidade de uma injeção letal, antes cuida e acompanha todos, especialmente, os mais fragilizados”, contextualiza a FPV.

Num comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, a organização informa que as novas presenças na internet vão dar “voz ao movimento” e são um contributo para todos que “queiram conhecer e debater o tema da eutanásia”.

“A nossa sociedade foi construída sobre o valor da Vida Humana. A Democracia assenta na ideia de que cada pessoa tem um tal valor que não pode haver, aos olhos da lei, cidadãos de primeira e cidadãos de segunda”, pode ler-se na apresentação do projeto.

No sítio online www.todaavidatemdignidade.pt encontra-se informação sobre o tema da eutanásia, como “factos, números, artigos de opinião, pareceres científicos”.

“Estamos disponíveis para ajudar a enquadrar o tema da Eutanásia no plano médico, jurídico e ético”, acrescenta a Federação Portuguesa pela Vida.

O comunicado adianta também que a Universidade Católica Portuguesa, em parceria com ‘Toda a Vida Tem Dignidade’, está a organizar o colóquio ‘Eutanásia ou a Cultura do Cuidado’, no próximo dia 23 de abril.

A iniciativa, entre as 14h30 e as 19h00, conta com a participação do professor Theo A. Boer, como orador principal, além de nomes como os professores José Gomes Canotilho, Germano de Sousa, Henrique Leitão.

CB/OC

Partilhar:
Share