Projeto sublinha diálogo inter-religioso e intercultural, dignidade e direitos humanos, cultura da paz e da cidadania, fraternidade e cooperação, tecnologias e ecologia integral

Foto: Lusa/EPA

Cidade do Vaticano, 01 out 2021 (Ecclesia) – O Vaticano lançou hoje um guia para a implementação do “Pacto Educativo” proposto pelo Papa a 15 de outubro de 2020, destinado a quem acompanha crianças e jovens.

A Congregação para a Educação Católica (Santa Sé) sublinha, em comunicado enviado à Agência ECCLESIA, que o projeto sublinha cinco eixos centrais: diálogo inter-religioso e intercultural, dignidade e direitos humanos, cultura da paz e da cidadania, fraternidade e cooperação, tecnologias e ecologia integral.

Estas diretrizes estão detalhadas na obra “Educazione tra crisi e speranza (Educação entre a crise e a esperança)”, recentemente publicada pela Livraria Editora Vaticana.

A proposta inclui ainda o modelo de um acordo que pode ser usado localmente para “construir uma aliança operacional voltada para concretizar o Pacto Educativo”.

A publicação dos documentos, em cinco idiomas, no site oficial do ‘Global Compact on Education’ (https://www.educationglobalcompact.org/) coincide com um encontro no Vaticano que vai decorrer a 5 de outubro, com a participação de cerca de 20 representantes de várias religiões.

Esta iniciativa visa “reavivar o compromisso em prol e com as gerações jovens, renovando a paixão por uma educação mais aberta e inclusiva, capaz de escuta paciente, diálogo construtivo e mútua compreensão”.

OC

Educação: Papa lança «pacto global» com sete compromissos por um mundo diferente (c/vídeo)

Partilhar:
Share