Bispo do Funchal apela à inscrição na disciplina, apontando ao próximo ano letivo

Funchal, Madeira, 04 jun 2022 (Ecclesia) – O bispo do Funchal publicou uma nota para apelar à inscrição na disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) no próximo ano letivo, destacando o “sentido” desta proposta.

“A EMRC faz todo o sentido. Nas outras disciplinas, aprendemos o saber e o fazer. Em EMRC procuramos, à luz de Jesus Cristo, o sentido do nosso existir! E como isso pode fazer a diferença!”, indicou D. Nuno Brás, num texto divulgado pelo portal Educris, do Secretariado Nacional da Educação Cristã, e pelo Jornal da Madeira, da Diocese do Funchal.

O responsável católico sustenta que a “EMRC pode fazer a diferença”, num apelo dirigido às crianças, pais, adolescentes e jovens, destacando que é impossível reduzir tudo “ao que a ciência pode demonstrar”.

“A realidade não é apenas o que vemos, o que se pode tocar, medir, pesar. A realidade é muito mais que isso. São as relações entre pessoas, são as interrogações, são os desafios que cada um de nós traz consigo”, pode ler-se.

O que nos faz humanos é sermos capazes de viver uns com os outros. O que nos faz humanos é sermos capazes de nos perguntarmos pelo sentido da vida (da nossa e da vida de todos). O que nos faz humanos é sermos capazes de acreditar uns nos outros (de construirmos a nossa vida com os outros). O que nos faz humanos é sermos capazes de acreditar em Deus (de construirmos a nossa vida contando com Ele em tudo)!”.

De 17 de junho a 19 de julho os alunos do 2.º ano ao 12.º ano devem realizar a renovação da matrícula escolar.

A lei prevê a oferta obrigatória da disciplina curricular de Educação Moral e Religiosa Católica do Ensino Básico ao Secundário, e também dos cursos profissionais desde que passou a integrar as suas matrizes no ano letivo 2019/2020 (Decreto-Lei nº 55/2018, de 6 de julho).

“É uma componente do currículo nacional, de oferta obrigatória por parte dos estabelecimentos de ensino e de frequência facultativa”, recorda o Educris.

O portal do Secretariado Nacional da Educação Cristã apresenta ainda, para adoção, os manuais «Ao Encontro», para o 3º ano de escolaridade; «Queremos Descobrir!», para o 8º ano, e três unidades letivas para o 11º ano: «Civilização do Amor», «Religião: Diversidade e Encontro» e «Ciência(s) e Religião».

OC

 

 

 

Partilhar:
Share