Secretariado Nacional lançou inquérito aos catequistas, três meses após lançamento da iniciativa

Foto: Educris

Lisboa, 20 jan 2020 (Ecclesia) – O Secretariado Nacional da Educação Cristã (SNEC) avaliou, através de inquéritos aos catequistas, os primeiros meses do projeto “Say Yes”, destacando que o “protagonismo dos adolescentes deu nova possibilidade às comunidades de fé”.

“Os resultados deste primeiro trimestre mostram-nos os catequistas muito motivados com o projeto e muitas comunidades o ‘protagonismo’ dos adolescentes deu uma nova possibilidade às comunidades de fé. Sentiram o impacto de uma nova abordagem”, explicou Cristina Sá Carvalho, coordenadora do Departamento da Catequese no SNEC, em declarações ao portal Educris.

Depois de três meses da iniciativa lançada ao nível nacional o SNEC “lançou um inquérito aos catequistas envolvidos” e os resultados foram apresentados numa reunião com os diretores diocesanos da catequese, na última sexta-feira.

O balanço aponta como positivo “o envolvimento dos párocos e a introdução da ‘Lectio Divina’ que tem permitido uma aproximação real à Palavra”.

“Esta catequese é muito projetual. A implementação da pedagogia do serviço leva os adolescentes a aderirem mais facilmente e dá sentido maior de pertença à comunidade”, indica Cristina Sá Carvalho.

A maioria dos mais de cinco mil catequistas que participam no projeto referem que este os faz “dar mais de si” e que “os habituais 45 minutos de catequese são escassos para tanto a rezar, viver, experimentar e fazer”.

‘Say Yes – Aprender a dizer sim’ é um projeto com três anos de duração da qual se espera que seja um contribuo para a renovação dos materiais da catequese que se vão fazendo a nível nacional e a seguir à Jornada Mundial da Juventude de 2022, em Lisboa, “haja materiais renovados” na catequese da adolescência em Portugal a partir destes conteúdos e de outros contributos de “todas as paróquias que vão participar”.

SN

JMJ2022: Projeto «Say Yes» prepara o encontro mundial de jovens em Lisboa para que seja mais do que um evento

 

 

Partilhar:
Share