Iniciativa promovida pela Conferência Episcopal Italiana teve adesão de vários países, incluindo Portugal

Il Papa con la corona del Rosario (Ansa)

Cidade do Vaticano, 19 mar 2020 (Ecclesia) – O Papa vai unir-se hoje, em videomensagem, à oração do Rosário promovida pela Conferência Episcopal Italiana (CEI) pelos doentes do Covid-19 e seus familiares, para que Deus “liberta o mundo de toda a forma de pandemia”.

“Hoje à noite rezemos juntos, confiando-nos à intercessão de São José, custódio da Sagrada Família, guardião de todas as nossas famílias. O carpinteiro de Nazaré também experimentou precariedade e amargura, preocupação com o amanhã; mas ele soube caminhar na escuridão de certos momentos, sempre deixando-se guiar sem reservas pela vontade de Deus”, refere a intervenção, divulgada pelo Vaticano, para a celebração que se inicia às 21h00 dos vários países.

Os bispos italianos desejam que este seja um “momento de unidade de todo o país”, o mais afetado pela pandemia na Europa, apelando ainda à colocação de um pano branco ou de uma vela nas janelas das casas e apartamentos.

O Papa envia a todos os participantes neste momento de oração uma mensagem de esperança numa “situação inédita, em que tudo parece vacilar”.

“Ajudemo-nos a permanecer unidos naquilo que realmente conta”, pede.

Francisco apresenta o Rosário como “a oração dos humildes e dos santos que, nos seus mistérios, com Maria contemplam a vida de Jesus, rosto misericordioso do Pa”.

“Quanta necessidade temos todos de ser realmente consolados, de nos sentirmos envolvidos pela sua presença de amor”, acrescenta.

O Papa convida cada um a fazer-se “próximo um do outro, exercitando a caridade, a compreensão, a paciência e o perdão”, para que “o outro possa sempre encontrar disponibilidade e acolhimento”.

A mensagem de Francisco prossegue com uma súplica a São José:

Protegei, Santo Defensor, este nosso país.

Iluminai os responsáveis pelo bem comum, para que saibam – como vós – cuidar das pessoas confiadas à sua responsabilidade. Concedei a inteligência da ciência àqueles que procuram meios adequados para a saúde e o bem físico dos irmãos.

Sustentai aqueles que se dedicam aos necessitados: os voluntários, os enfermeiros, os médicos, que estão na linha de frente no tratamento dos doentes, mesmo à custa da própria segurança.

Abençoai, São José, a Igreja: a partir dos seus ministros, fazei-a sinal e instrumento da vossa luz e da vossa bondade. Acompanhai, São José, as famílias: com o vosso silêncio orante, construí a harmonia entre os pais e os filhos, de modo particular os mais pequeninos.

Preservai os idosos da solidão: fazei que ninguém seja deixado no desespero do abandono e do desencorajamento. Consolai quem é mais frágil, encorajai quem vacila, intercedei pelos pobres.

Com a Virgem Mãe, suplicai ao Senhor para que liberte o mundo de toda forma de pandemia.

A iniciativa conta com a adesão dos episcopados católicos de vários países, incluindo Portugal.

OC

Covid-19: Conferência Episcopal convida à oração do Terço às 21h00 desta quinta-feira por «todos os atingidos pela pandemia coronavírus»

Partilhar:
Share