D. Américo Aguiar evoca profissionais de saúde e de IPSS

Foto Patriarcado de Lisboa

Lisboa, 26 mar 2020 (Ecclesia) – O bispo auxiliar de Lisboa, D. Américo Aguiar, escreveu uma carta de agradecimento a todos os que estão na linha da frente do combate à pandemia do novo coronavírus, profissionais de saúde e de IPSS.

“Quero neste momento em particular, dizer obrigado a cada um de vós. Quero dizê-lo individualmente, às vossas famílias, aos vossos agregados familiares, mais ou menos alargados. E bem sei que a este vosso trabalho, missão de cada dia, tendes as preocupações da retaguarda familiar”, refere o texto, enviado hoje à Agência ECCLESIA e publicado pela página do Patriarcado de Lisboa.

O responsável católico recorda que em 2005 iniciou funções de capelão-mor da Santa Casa da Misericórdia do Porto, contactando mais de perto desde então com a “dedicação e heroicidade de tantos, tantíssimos”, ao serviço dos mais desfavorecidos, “em lares, creches, infantários, ensino especial, hospitais, serviços prisionais, apoio domiciliário e tantos outros serviços”.

“Testemunhei o quanto trabalhais no limite da dignidade das pessoas que servis, das higienes pessoais à alimentação,  dos cuidados de enfermagem e médicos ao gigante muro das faltas de paciência… bem sei o quanto amais esses velhinhos, avós e pais de todos nós”, refere.

A carta conclui-se com uma oração: “Peço ao Pai do Céu que vos abençoes, fortaleça e proteja. Que o Sagrado Coração de Jesus e o Imaculado Coração de Maria, a quem ontem nos consagramos sejam Presença ao lado de cada um e rosto dos que gritam por nós”.

OC

Partilhar:
Share