«Ponto SJ» e Brotéria lançam iniciativas de acompanhamento espiritual para quem se encontra em situação de isolamento ou a trabalhar

Lisboa, 19 mar 2020 (Ecclesia) – O Ponto SJ, portal dos Jesuítas em Portugal, lançou um projeto online para ajudar quem encontra em situação de isolamento ou a trabalhar num momento de emergência nacional, por causa da pandemia do Covid-19.

O “Ponto de Abastecimento” deixa propostas aos leitores, para ajudar “a celebrar, a sentir-se acompanhado, a rezar, a pensar e a jogar”.

O diretor do portal, padre José Maria Brito, disse em entrevista à Agência ECCLESIA que um dos objetivos é oferecer “palavras que ajudem a descansar”, em particular aos profissionais de saúde e os que ajudam a manter a sociedade em funcionamento, numa situação de crise.

O projeto oferece ainda a possibilidade de acompanhamento espiritual, por parte de um religioso da Companhia de Jesus, a quem o solicitar, por telefone ou videochamada (skype, whatsapp, etc).

“Este período de Quaresma, atravessado pela quarentena, obrigou-nos a repensar as propostas que teríamos a dar, procurando ir ao encontro daquilo que é a experiência existencial das pessoas, nestes dias”, indica o padre José Maria Brito.

O diretor do portal dos Jesuítas em Portugal fala num momento de “grande desafio” para a Igreja, com reforço da dimensão digital, que leva a repensar “o que significa ser comunidade, estar próximo” de todos.

O ‘Ponto de Abastecimento’ nasce, neste contexto, de uma espécie de “sobressalto”, procurando ajudar as pessoas a “travessar esta quarentena com a imagem da maratona”:

“Uma grande maratona que vamos percorrer todos juntos, mas que também é importante que não nos faça perder o sentido da vida, o sentido da alegria, da celebração”, observa o religioso.

A proposta está organizada em cinco estações, cada uma delas nomeada com um verbo: acompanhar, celebrar, rezar, pensar e jogar.

O padre José Maria Brito realça as propostas ligadas à identidade da Companhia de Jesus, de acompanhamento espiritual, e as celebrações transmitidas online, que visam “manter vivo o espírito de comunidade”.

A psicóloga Rute Agulhas vai estrear um podcast, intitulado ‘Vai ficar tudo bem’, procurando reforçar esse apoio às pessoas em isolamento, que encontram ainda propostas de jogos, atividades para fazer em casa e playlists musicais que ajudam a manter a “dimensão lúdica da vida”.

“Será importante ajudar as pessoas a perceber como é que, confinados a um espaço físico cada vez mais curto, não se perde a dimensão do agir, de estar atento aos outros”, acrescenta o diretor do Ponto SJ.

Noutro projeto dos jesuítas, a Brotéria uniu personalidades como o poeta e cardeal José Tolentino Mendonça, artistas, escritores, músicos e outros agentes culturais para “criar um momento de beleza e de silêncio”, que será publicado todos os dias às 21h30.

Desde esta quarta-feira, a comunidade cultural procurar “levar a literatura, a música, a arte para dentro da casa de cada um, confiando que a cultura pode trazer paz e esperança”, através do site aosvossoslugares.com.

Foram convidados, entre outros, o escultor Rui Chafes, a banda Capitão Fausto, o músico de jazz Ricardo Toscano, a pianista Joana Gama, os escritores Jacinto Lucas Pires e Afonso Reis Cabral, a pintora Luísa Jacinto, a ilustradora Madalena Matoso, o bailarino Lourenço Ferreira ou o historiador de arte Bernardo Pinto de Almeida.

OC

Partilhar:
Share