Vaticano publicou tradicional mensagem para a festa do Deepavali, em ano marcado pela pandemia

Cidade do Vaticano, 06 nov 2020 (Ecclesia) – O Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-religioso (Santa Sé) incentivou cristãos e hindus a “unirem” às pessoas de boa vontade para “construir uma cultura positiva e esperança no coração das sociedades”, numa mensagem pela festa do Deepavali.

“No meio das dificuldades da pandemia de Covid-19, que esta festa significativa possa remover as nuvens do medo, da ansiedade e de todo receio e encher as mentes e os corações com a luz da amizade, da generosidade e da solidariedade”, deseja o organismo católico.

‘Cristãos e hindus: reacendamos um clima positivo e de esperança durante a pandemia da Covid-19 e depois’ é o tema da 25.ª mensagem para a festa hindu do Deepavali, que vai ser celebrada a 14 de novembro.

“Este ano, na pandemia da Covid-19, queremos partilhar algumas reflexões sobre a necessidade de encorajar um espírito positivo e esperança para o futuro, mesmo diante de obstáculos aparentemente intransponíveis, desafios socioeconómicos, políticos e espirituais, e ansiedade, incerteza e medo generalizados”, lê-se no documento assinado pelo presidente e pelo secretário do organismo da Santa Sé, respetivamente cardeal Miguel Ángel Ayuso Guixot e monsenhor Indunil Kodithuwakku Janakaratne Kankanamalage.

Os responsáveis sublinham que os esforços se baseiam “na convicção de que Deus, que nos e sustenta” também “não abandonará” as pessoas, mesmo que “um incentivo ao otimismo” possa parecer “pouco realista para aqueles que perderam entes queridos, ou seus empregos, ou ambos”.

“A esperança e o sentido de positividade mais ousados correm o risco de se dissipar nas situações trágicas causadas pela atual pandemia e suas graves consequências na vida quotidiana, na economia, na saúde, na educação e nas práticas religiosas. Porém, é a confiança na Providência Divina que nos inspira otimismo e vontade de trabalhar para reacender a esperança nas nossas sociedades”, desenvolve o organismo da Santa Sé.

O Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-religioso constata que a pandemia “trouxe numerosas mudanças positivas” na forma de “pensar e viver”, mesmo que no mundo inteiro tenha “causado sofrimento e confinamento que alteraram o curso normal da vida”.

O organismo da Santa Sé contextualiza que as mensagens “contribuíram para a promoção do diálogo e da harmonia hindu e cristã” a vários níveis e pretendem “reconhecer, preservar e cultivar as coisas boas nas duas tradições religiosas e patrimónios espirituais”, sendo também “um pequeno passo ao respeito e à cooperação inter-religiosa”.

O sítio online ‘Vatican News’ explica que ‘Deepavali’ significa literalmente “fileira de lâmpadas de óleo” e recorda, segundo a tradição, a vitória da luz sobre as trevas, da verdade sobre a mentira, da vida sobre a morte e do bem sobre o mal.

CB/OC

Partilhar:
Share