Governo e Igreja Católica assinaram protocolo

Roma, 07 mai 2020 (Ecclesia) – As celebrações comunitárias da Missa na Itália vão regressar a 18 de maio, por decisão do Governo e da Conferência Episcopal, que assinaram hoje um protocolo conjunto, no contexto das medidas de desconfinamento face à pandemia de Covid-19.

Em comunicado enviado à Agência ECCLESIA, a Conferência Episcopal Italiana informa que o texto surge de um “percurso de colaboração” entre as duas partes, acompanhado pelo Comité Técnico-Científico do Governo, com medidas que regulam o acesso às igrejas, a higienização dos espaços e objetos, bem com as normas a observar durante as celebrações.

As normas exigem uma distância de segurança de 1,5 metros e recorda que o acesso às igrejas está impedido a qualquer pessoa que se apresente com sinais da doença ou com temperatura corporal superior a 37,5º.

O cardeal Gualtiero Bassetti, presidente da Conferência Episcopal Italiana, indicou que a Igreja Católica renova o compromisso de “contribuir para superar a atual crise”, fazendo a sua parte “com responsabilidade”.

Já o primeiro-ministro Giuseppe Conte assinalou que as medidas visam que a participação dos fiéis decorra “da forma mais segura”.

“Agradeço à Conferência Episcopal Italiana pelo apoio moral e material que está a dar a toda a coletividade nacional, neste momento difícil para o país”, acrescentou.

OC

Partilhar:
Share