«Ligados em Casa» comenta as experiências pastorais que se multiplicam nas plataformas digitais

Lisboa, 03 jun 2020 (Ecclesia) – Um curso destinado a ensinar como fazer transmissões em direto na internet juntou 200 inscritos e mais de mil já assistiram ao vídeo em que Júlia Duro informa sobre as técnicas e os equipamentos necessários.

A iniciativa do Departamento Arquidiocesano da Comunicação Social de Braga é um dos destaques da rubrica ‘Ligados em Casa’, que a Agência ECCLESIA apresenta hoje, online.

“A Igreja está a abrir os olhos e a perder preconceitos no que toca à evangelização digital” considera Júlia Duro, que voltou à comunidade católica aos 27 anos, também com a ajuda de “grandes comunicadores online”.

Já o padre Tiago Veloso aborda a sua aposta nos cursos online, como forma de chegar a quem habitualmente não lhe entra na Igreja.

“Não podemos ficar fechados nas quatro paredes do templo”, refere o entrevistado, que insiste na necessidade de “sair para o mundo e fazer discípulos”.

Para este missionário passionista, o mundo está na internet, é lá que estão as pessoas com as suas histórias de vida.

O padre Manuel Ribeiro, responsável pelo Santuário do Imaculado Coração de Maria de Cerejais, na Diocese de Bragança-Miranda, revela que lhe têm chegado jovens adultos entre os 25 e os 35 anos, com o desejo de começar um caminho de Igreja, porque descobriram o canal da paróquia no YouTube.

“Acho que a Igreja tem investido muito, na pastoral dirigida aos idosos e aos jovens, e descurado um pouco esta faixa etária que faz toda a diferença” assinala o sacerdote, lembrando que o digital é quase a única maneira de chegar a estas pessoas.

Os convidados das ‘Conversas na Ecclesia’ desta quarta feira, lembram a importância destes meios de comunicação, considerando que esta forma de evangelizar nada tem de virtual.

Júlia Duro assinala que se trata de “pessoas reais” e que comunicar através de um computador não é estar distante ou ausente é mesmo, para muitos, a única forma de conhecer o Evangelho.

HM/OC

Partilhar:
Share