Companhia de Jesus lamenta «opção repentina e unilateral tomada pelo Ministério da Educação»

Foto Companhia de Jesus

Coimbra, 12 jun 2019 (Ecclesia) – A Companhia de Jesus anunciou hoje que se viu “forçada” a encerrar o Colégio da Imaculada Conceição, em Cernache, no Concelho de Coimbra, devido à “grave situação financeira” que a instituição atravessa.

Num comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA, os jesuítas explicam que em causa está uma conjuntura “desencadeada em 2016 pelo final dos contratos de associação com o Estado português, em vigor há 40 anos”.

A Companhia de Jesus realça que “se tratou de uma opção repentina e unilateral tomada, na altura, pelo Ministério da Educação, à qual o Colégio da Imaculada Conceição foi alheio e se opôs desde a primeira hora, mas sem sucesso”.

Nos últimos dois anos, o contexto da instituição agravou-se devido ao “número reduxzido de alunos que frequentaram o Colégio”, sendo que a previsão para o próximo ano letivo não fazia antever um quadro mais positivo.

Depois de ficar sem alternativas para a continuidade do projeto da instituição, a prioridade da direção do Colégio da Imaculada Conceição é agora a de honrar todos os compromissos assumidos, nomeadamente com “todas as pessoas que compõem o pessoal docente e não docente” e também com os “colaboradores e parceiros”.

“Os cerca de 200 alunos que frequentaram o Colégio no ano anterior deverão agora ser tranferidos para outros estabelecimentos de ensino da região”, refere o mesmo comunicado.

A Companhia de Jesus “lamenta o transtorno causado aos alunos e às famílias” e “manifesta o seu mais profundo agradecimento” a todos quantos “se dedicaram de alma e coração a este projeto educativo”.

Os jesuítas asseguram ainda que “ao longo dos próximos dias e semanas procurarão estar presentes e responder a todas as perguntas e inquietações” que surjam por parte da comunidade escolar da região.

Inaugurado em 1955, o Colégio da Imaculada Conceição funcionou em regime de contrato de associação com Estado a partir de 1978 e foi responsável pela formação de mais de 10 mil alunos.

JCP

Partilhar:
Share