Francisco vai participar no VII Congresso de Líderes de Religiões Mundiais e Tradicionais

Foto: Vatican Media

Cidade do Vaticano, 01 ago 2022 (Ecclesia) – O diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé confirmou hoje a viagem apostólica do Papa Francisco ao Cazaquistão, entre os dias 13 e 15 do próximo mês de setembro.

Acolhendo o convite das autoridades civis e eclesiásticas, o Papa Francisco fará a anunciada Viagem Apostólica ao Cazaquistão nos dias 13 a 15 de setembro deste ano, visitando a cidade de Nur-Sultan por ocasião do VII Congresso de Líderes de Religiões Mundiais e Tradicionais”, indica o comunicado do Vaticano.

No último sábado, o Papa terminou a sua 37ª viagem internacional, que o levou a percorrer 19 mil quilómetros até ao Canadá para uma “peregrinação penitencial”, realizada entre os dias 24 e 30 de junho.

Na viagem de regresso a Roma, o Papa reforçou a ideia de que uma eventual renuncia ao pontificado é “uma porta aberta”, mas descartou o cenário, no imediato, assumindo a necessidade de “poupar” esforços, face às limitações físicas.

Francisco, de 85 anos, tem sido afetado por problemas no joelho, que o levaram a deslocar-se em cadeira de rodas, durante esta visita.

Questionado sobre se a viagem ao Canadá foi um teste às suas capacidades físicas, o Papa admitiu que é impossível “continuar com o mesmo ritmo de viagem de antes”.

O Papa explicou que colocou de lado a possibilidade de uma cirurgia ao joelho, por causa das sequelas da anestesia da operação ao cólon, em julho de 2021.

“Vou tentar continuar a viajar e estar perto das pessoas, porque acredito que é uma forma de servir: proximidade. Mas mais do que isso eu não quero dizer, vamos esperar”, realçou.

Francisco assumiu que “gostaria” de visitar a Ucrânia, confirmando também nessa ocasião a viagem ao Cazaquistão, assim como o desejo de visitar o Sudão do Sul, com responsáveis cristãos da Inglaterra e Escócia.

OC/PR

Vaticano: Papa vai visitar o Cazaquistão a 14 e 15 de setembro

Partilhar:
Share