Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora das Vitórias (Irmãs Vitorianas) foram apresentadas à diocese no dia de abertura do ano litúrgico-pastoral

Foto: Diocese de Bragança-Miranda

Bragança, 30 nov 2019 (Ecclesia) – A Diocese de Bragança-Miranda acolhe a partir deste sábado as Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora das Vitórias (Irmãs Vitorianas). 

No dia de abertura do ano litúrgico-pastoral D. José Cordeiro apresentou a nova congregação religiosa, que tem por carisma “a caridade, vínculo da perfeição que se exprime em traços característicos, vividos em grau eminente pela fundadora e que definem a espiritualidade da Congregação”, como se lê em nota enviada à Agência ECCLESIA.

“A Congregação das Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora das Vitórias foi fundada a 15 de Janeiro de 1884, no Funchal-Ilha da Madeira, por Mary Jane Wilson, Irmã Maria de S. Francisco, para tornar presente no mundo os valores do Reino de Deus e colaborar na missão salvadora de Cristo, através do ensino, enfermagem, cuidado às crianças e aos idosos, promoção humana, catequese, pastoral a jovens e adultos. Foi co-fundadora Amélia Amaro de Sá, Irmã Maria Elisabeth de Sá”, informa.

A Diocese de Bragança-Miranda conta agora com cinco congregações femininas, duas congregações masculinas, uma comunidade feminina de clausura, um instituto secular, uma ordem e uma comunidade monástica feminina.

SN

Partilhar:
Share