D. João Lavrador destaca a generosidade dos jovens na vida de entrega à vida vocacional 

Angra, 30 nov 2019 (Ecclesia) – A Diocese de Angra vai celebrar a ordenação diaconal de seis seminaristas e de um frade carmelita descalço, de origem açoriana, este domingo pelas 18h00, sendo uma “festa da diocese toda”.

D. João Lavrador afirmou que esta é uma “festa da diocese toda”, sendo o maior grupo em contexto de seminário.

“É sempre uma grande graça quando temos jovens que oferecem a sua vida em generosidade total a Deus e à Igreja, isso é um motivo de ação de graças e uma festa da diocese toda”, refere o bispo diocesano em nota publicada pela diocese. 

O prelado reconheceu também o valor do testemunho dos padres da diocese que despertaram as vocações nos jovens. 

“É um conforto grande por reconhecer que junto de cada um destes jovens está uma diocese com os padres, que pela estima e testemunho sacerdotal, despertam nos jovens esta vocação sacerdotal; outra palavra de reconhecimento e incentivo às famílias porque é na familia que se desenvolvem os traços de personalidade e as opções que depois reconhecem o chamamento que o Senhor faz”, afirmou.

Dadas as características de Angra ser uma diocese mais dispersa e o seu seminário ser também espaço que se torna “mais afastado da paróquia, até da ilha ou da família”, D. João Lavrador enaltece a instituição e valoriza as novas tecnologias que têm ajudado os seminaristas e os colocam em contacto permanente.

“Dar graças a Deus pelo clima, pela generosidade e pela competência deste seminário, quer a entrega dos seminaristas ao trabalho que se dedicam, na formação afetiva a quem se vai dedicar inteiramente e depois a componente comunitária que marcará a vida inteira; também uma palavra de reconhecimento ao seminário, uma comunidade real, sejam formadores, os jovens ou os próprio funcionários”, declarou.

Os seis seminaristas que vão ser ordenados este domingo, dia 01 de dezembro, pelas 18h00, na catedral diocesana, são alunos do 6º ano do Seminário Episcopal de Angra e são todos da ilha de São Miguel: dois da ouvidoria de Ponta Delgada – Igor Oliveira (São Roque) e Aurélio Sousa (Sete Cidades), dois da ouvidoria das Capelas, Pedro Carvalho (Santa Bárbara) e João Farias (Santo António), um da ouvidoria da Povoação, Sandro Costa (Furnas) e outro da Ribeira Grande, Nuno Pacheco de Sousa (Ribeirinha), depois será ainda ordenado diácono Frei Renato da Cruz, o carmelita descalço.

SN

Partilhar:
Share