Estúdio «Cónego Fernando Monteiro» vem acrescentar valor à informação

 

Braga, 09 dez 2021 (Ecclesia) – O Grupo Diário do Minho inaugurou a DM TV, um novo projeto audiovisual do jornal da Arquidiocese de Braga que quer levar o trabalho da redação jornalística “mais longe”, acrescentando valor à informação produzida.

“Pensamos que podemos ir mais longe, não nos ficando apenas pelo jornal, enriquecendo as reportagens com o vídeo. No futuro, será o dia a dia do Diário do Minho”, disse à Agência ECCLESIA Damião Pereira, diretor do jornal.

O responsável assume que este é um trabalho que “vai demorar”, assumindo o projeto “com muita coragem e determinação”.

“Mantivemos a redação como está, mas acrescentamos valor, com este espaço”, acrescenta.

O diretor do Diário do Minho aponta, desde já, à intenção de apresentar “coisas novas”, todos os dias, sem uma grelha ainda definida.

“É deste conjunto da promoção do Diário do Minho, da Revista Minha, da própria Gráfica, que nasce a DM TV, que serve para promover e divulgar toda a empresa”, conclui Damião Pereira.

O administrador apostólico da Arquidiocese de Braga, D. Jorge Ortiga, inaugurou esta terça-feira o novo estúdio, intitulado ‘Cónego Fernando Monteiro’.

“Queremos que a verdade da nossa informação circule no meio de tantas outras. Que a formação faça acreditar na novidade de um projeto para a sociedade do presente e do futuro. E que a evangelização demonstre a serenidade de uma doutrina que é Boa Nova para todos os tempos”, afirmou, numa intervenção citada pelo site arquidiocesano.

O padre Paulo Terroso, administrador do Diário do Minho (DM), sublinhou, por sua vez, que o arranque do projeto acontece num momento de dificuldade, face ao impacto da pandemia.

“Mais uma vez o DM demonstra que é mais do que uma instituição resiliente e que é, sobretudo, um exemplo de gestão, visão estratégica que desafia a crise. Somos uma marca de confiança e de orgulho dos bracarenses, da Igreja em Braga e diria mesmo em Portugal”, referiu.

O diretor da Revista Minha, Vasco Alves, acredita que o novo projeto vai “fortalecer a imagem, o crédito e a projeção” da publicação.

“Com este projeto, partimos do zero, mas queremos chegar longe. Somos realistas, mas também ambiciosos e exigentes. para isso, precisamos de todos. Porque todos, fazemos a força desta empresa!”, sublinhou, numa intervenção citada pelo Departamento Arquidiocesano das Comunicações Sociais (DACS) de Braga.

A DM TV já inaugurou dois programas: o ‘Minuto Minho’, sobre a atualidade informativa, e ‘Singular’, um programa mensal dedicado à Cultura e do Património de Braga.

HM/OC

 

 

 

 

Partilhar:
Share