O Cardeal Liubomyr Husar, Arcebispo Maior de Kiev e Halytch e Dionísio Lachovicz, Bispo Auxiliar do Arcebispo Maior de Kiev e Halytch, da Igreja Greco-Católica da Ucrânia, escreveram uma “Carta Pastoral aos Ucranianos em Portugal”. A mensagem de três páginas, em língua ucraniana, foi lida este Domingo nas eucaristias celebradas nas várias comunidades animadas pelos 7 sacerdotes de rito oriental que exercem ministério nas dioceses portuguesas. Com a divulgação da Carta Pastoral, a primeira deste género, iniciou-se a preparação e mobilização das comunidades – organizadas e informais – de ucranianos e outros imigrantes da Europa de Leste, com vista à Peregrinação Internacional dos Migrante e Refugiado de 12 e 13 de Agosto, em Fátima. Além de D. António Vitalino (da Comissão Episcopal da Mobilidade Humana), presidirá à Peregrinação Internacional, D. Dionísio Lachovicz, delegado do Cardeal da Ucrânia e responsável pela Pastoral dos Ucranianas no Exterior. A Peregrinação Internacional integra-se na 34ª Semana Nacional de Migrações – Sinal de Tempos Novos – promovida pela Obra Católica Portuguesa de Migrações (OCPM). Uma semana de sensibilização que pretende ser sete dias de acolhimento concreto, oração e gratidão solidárias para com 5 milhões de emigrantes portugueses e milhares imigrantes no país; para com os missionários e leigos que servem o Evangelho e os direitos humanos na mobilidade; para com jovens e adultos voluntários que, no mundo das migrações, são testemunhas da fraternidade reconciliada e apóstolos do Evangelho da Caridade, especialmente, em países secularizados e com contextos discriminatórios de fratura social. Notícias relacionadas • Carta Pastoral aos ucranianos em Portugal

Partilhar:
Share