Francisco foi o primeiro a visitar o local, pouco depois do falecimento, na manhã de sábado

Foto: Vatican Media

Cidade do Vaticano, 01 jan 2023 (Ecclesia) – O Vaticano divulgou ao início da tarde de hoje as primeiras imagens do corpo do Papa emérito Bento XVI, falecido este sábado, na capela do Mosteiro ‘Mater Ecclesiae’.

Esta estrutura dos Jardins do Vaticano, a poucos passos da Gruta de Nossa Senhora de Lourdes, foi o local que o antecessor de Francisco escolheu como residência após a renúncia ao pontificado, em 2013.

O diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé informou este domingo que o atual Papa foi o primeiro a visitar a capela do ‘Mater Ecclesiae’, pouco depois das 09h34 locais (menos uma Lisboa), hora da morte de Bento XVI.

Matteo Bruni precisa que Francisco foi notificado pelo secretário particular do Papa emérito, D. Georg Gänswein, e chegou de carro por volta das 10h00.

“O Papa foi o primeiro a visitar o defunto que, segundo disseram aqueles que o assistiram nos últimos minutos da sua vida, morreu mantendo grande serenidade”, indica o portal ‘Vatican News’.

Francisco rezou junto ao corpo, que agora se encontra junto a um presépio e uma árvore de Natal, com paramentos papais vermelhos; de momento, estão previstas visitas particulares à câmara ardente.

A partir das 09h00 (08h00) desta segunda-feira, o corpo será exposto na Basílica de São Pedro para a veneração dos fiéis, durante três dias, até ao funeral marcado para quinta-feira, sob a presidência do Papa Francisco.

O porta-voz do Vaticano adiantou que, antes da trasladação para a Basílica do Vaticano, vai decorrer uma cerimónia privada com passagem pela Porta da Oração.

“De acordo com o desejo do Papa Emérito, o funeral será realizado com a marca da simplicidade”, tinha referido Bruni, este sábado.

Ainda por desejo expresso do falecido pontífice, comunicado ao então arcipreste da Basílica de São Pedro, cardeal Angelo Comastri, Bento XVI será sepultado na Cripta do Vaticano, no local que acolheu o túmulho de São João XXIII, durante 38 anos (de junho de 1963 a janeiro de 2001) e, depois, o de São João Paulo II de 2005 a 2011, cujos corpos foram trasladados, após as respetivas canonizações, para capelas laterais da Basílica

OC

Vaticano: Morreu Bento XVI (1927-2022)

 

Partilhar:
Share