ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Que práticas de um ano letivo que terminou de forma atípica, poderão ficar para o futuro do ensino nas escolas? Procuramos junto de Fernando Magalhães, presidente da Associação das Escolas Católicas, as respostas para pedagogia e relacionamentos.

Partilhar:
Share