Bispo publicou nomeações para o ano pastoral 2021/2022

Foto: Folha do Domingo

Faro, 15 set 2021 (Ecclesia) – O bispo do Algarve publicou as nomeações para o ano pastoral 2021/2022, onde se destaca uma equipa de reflexão sobre a diocese católica do sul de Portugal.

Na informação enviada hoje à Agência ECCLESIA, o jornal diocesano ‘Folha do Domingo’ divulga que D. Manuel Quintas escolheu para “uma equipa de reflexão sobre a diocese” o cónego Carlos César Chantre (vigário-geral), o padre António de Freitas, (vigário para a pastoral), o cónego Mário de Sousa (vigário da vara de Portimão) e o padre Pedro Manuel (vigário da Vara de Loulé).

O bispo do Algarve explicou aos padres e diáconos que a comissão nomeada para a reflexão sobre a diocese resultou da reunião do Conselho Presbiteral, realizada no dia 18 de maio, onde partilharam “a vida e a ação do Clero em geral”, e a sua ação pastoral nas áreas que inspiram mais cuidados a curto e a longo prazo”.

“Reconhece-se a urgência de planear o futuro dada a sua escassez e o seu envelhecimento, através da elaboração de um plano global de reorganização da Diocese. Para tal foi sugerida a criação de um pequeno grupo, que pensasse esta problemática e apresentasse uma proposta”, refere o memorando do encontro.

Segundo D. Manuel Quintas, a comissão de reflexão tem “plena liberdade” de associar a si, mesmo ocasionalmente, “mais alguém, clérigo, consagrado/a ou leigo/a”.

O padre António de Freitas foi também nomeado como cerimoniário da catedral.

O bispo do Algarve escolheu para as “dignidades do Cabido da Sé de Faro” o cónego Mário de Sousa, como deão e diretor do museu, o cónego Carlos de Aquino, como chantre e secretário, o cónego Rui Barros Guerreiro como arcediago e tesoureiro, o cónego Joaquim Nunes como penitenciário e o cónego José Pedro Martins como arquivista.

D. Manuel Quintas indicou também para estágio pastoral os diáconos Fábio Pedro, na paróquia de Quarteira, Samuel Camacho, no Seminário de São José de Faro, como prefeito, e o seminarista Getúlio Bica para as paróquias de Santa Bárbara de Nexe e de Estoi.

O jornal ‘Folha do Domingo’ informa que o bispo diocesano nomeou também o padre Rui Fernandes como pároco in solidum das paróquias de Nossa Senhora do Amparo de Portimão, da Mexilhoeira Grande e de Odiáxere, o sacerdote vai integrar a comunidade local da Companhia de Jesus (Jesuíta), e toma posse na Eucaristia, das 16h00, de 10 de outubro, em Portimão.

CB

Partilhar:
Share