Foto Agência ECCLESIA/LFS

Por estes dias juntamos D. Armando Esteves Domingues, da Igreja Católica, e D. Jorge Pina Cabral, da Igreja Lusitana, que nos guiam nos caminhos abertos da sustentabilidade e da eco teologia. Em causa está o «Eco Igrejas Portugal», que foi assinado pelas Igrejas cristãs. Depois do reconhecimento que é possível e necessário o trabalho conjunto nesta área, importa agora perceber a sua permeabilidade nos planos pastorais.

Partilhar:
Share