D. Manuel Quintas empossou os novos órgãos sociais da Cáritas Diocesana, no Dia Mundial dos Pobres

Faro, 15 nov 2021 (Ecclesia) – O bispo do Algarve disse que a pobreza que exalta Jesus no discurso das bem-aventuranças “está para além dos bens materiais” e mobilizou toda a diocese nesta missão, na tomada de posse dos novos órgãos sociais da Cáritas Diocesana.

“É esta capacidade interior de nos acolhermos uns aos outros. É por aí que começa a luta contra a pobreza, a disposição e disponibilidade interior para reunirmos forças para nos empenharmos em projetos e os concretizarmos, que possam minorar (que bom que seria acabar) a pobreza”, referiu D. Manuel Quintas, este domingo, na Sé de Faro, assinalando o no V Dia Mundial dos Pobres.

Numa intervenção citada pelo jornal ‘Folha do Domingo’, o bispo do Algarve disse que os pobres são “o caminho mais curto e mais autêntico de encontro com Deus”, os “destinatários privilegiados” da palavra que Jesus anunciou.

“Os pobres são sacramento de Cristo”, acrescentou.

Nesta celebração, D. Manuel Quintas empossou os novos órgãos sociais da Cáritas Diocesana para o quadriénio de 2021/2025.

“A posse dos novos órgãos sociais da Cáritas constitui, certamente, para nós uma aplicação concreta do apelo a vivermos este Dia Mundial dos Pobres”, disse o responsável, realçando que este organismo é a “linha avançada” da Igreja no combate à pobreza, assumindo uma “missão que é de todos”.

Carlos de Oliveira continua como presidente da Cáritas Diocesana do Algarve; Patrícia Mendonça é a secretária; Rui Orega Mendonça o tesoureiro; e Rui Jerónimo, Sónia Vargas e Virgílio Vargas são vogais.

O Conselho Fiscal da Cáritas Diocesana é presidido por Paulo Lopes; o cónego Carlos de Aquino é o assistente eclesiástico.

O presidente da Cáritas Diocesana do Algarve salientou o papel da instituição “na resolução e na ajuda aos problemas” dos mais necessitados.

“Tendo sempre presente que todos somos indispensáveis para construir esta casa comum que o Senhor nos deixou”, acrescentou Carlos de Oliveira.

O jornal ‘Folha do Domingo’ informa que na Diocese do Algarve, a celebração do V Dia Mundial dos Pobres contou com a presença da diretora do Centro Distrital de Faro da Segurança Social, Margarida Flores, de representantes da Cáritas Paroquiais, voluntários e representantes de outras organizações de caridade.

CB/OC

Partilhar:
Share