D. João Lavrador preside à Eucaristia de abertura do ano letivo

Angra do Heroísmo, Açores, 22 set 2020 (Ecclesia) – O Seminário Episcopal de Angra começa hoje o ano letivo 2020/2021, com o regresso das aulas presenciais e a novidade da entrada de três docentes e quatro alunos.

“Estamos todos com muita esperança em relação ao entusiasmo com que entram e que pode dar um novo alento a toda a comunidade”, disse o padre Hélder Miranda Alexandre, em declarações ao sítio online ‘Igreja Açores’.

Os três novos professores vão reforçar a equipa docente do Seminário Episcopal, após formação superior em Roma, são o padre Jorge Ferreira, em Liturgia, o padre Teodoro Medeiros, em Sagrada Escritura, e o padre Pedro Lima, em Teologia Dogmática.

O Seminário Episcopal de Angra começa o novo ano com 21 os alunos a frequentar vários anos de ensino, dos quais três vão frequentar o 6.º ano, fase final da formação para a ordenação sacerdotal; a ordenação diaconal está agendada para dia 8 de dezembro, no Santuário de Nossa Senhora da Conceição.

As aulas presenciais regressam ao Seminário Maior da Diocese de Angra seis meses depois de terem sido suspensas por causa da pandemia de Covid-19.

“Temos um plano de contingência que vai ser seguido e que prevê por exemplo o uso de máscara nos espaços comuns”, assinalou o reitor do Seminário Episcopal de Angra, adiantando que o tempo de confinamento permitiu fazer algumas melhorias nos espaços comuns dos alunos.

O novo ano letivo fica marcado também pela semana de formação académica que a instituição vai passar a organizar, por trimestre letivo, incluindo “aprofundamento teológico, eclesiológico, litúrgico e pastoral”, e acompanhamento espiritual, para os novos sacerdotes e vai realizar-se nos dois anos imediatamente a seguir à sua ordenação presbiteral.

Os seis sacerdotes que foram ordenados no dia 6 de setembro vão ser os primeiros a frequentar esta formação, durante uma semana.

“Atendendo à realidade dos tempos de hoje, no domínio da cultura, da sociedade e da antropologia, a requerer uma formação permanente para bem se auscultar os Sinais dos Tempos”, explicou o bispo de Angra, em decreto, sobre a formação que surge também “atendendo às disposições que a ‘Nova Ratio Fundamentalis’ apresenta para o acompanhamento dos presbíteros recém-ordenados” e às “incessantes interpelações” dos documentos do Magistério da Igreja.

O sítio online ‘Igreja Açores’ informa ainda que o Seminário Episcopal de Angra começa hoje o novo ano escolar 2020/2021 com uma “Missa de ação de graças”, presidida pelo bispo diocesano, D. João Lavrador, a partir das 18h00 locais (mais uma hora em Portugal continental e Madeira).

CB/OC

Partilhar:
Share