Iniciativa inspira-se na sétima aparição de Nossa Senhora a Lúcia, no dia 15 de junho de 1921

Fátima, 22 jul 2019 (Ecclesia) – O Santuário de Fátima propõe aos jovens uma “imersão de voluntariado”, com o seu projeto ‘SETE’ que convida ao “aprofundamento espiritual” e ao encontro, em cinco sessões entre 29 de julho a 1 de setembro.

“É uma proposta do santuário para jovens que queriam fazer voluntariado, uma forma muito concreta e muito específica da vida de um santuário que é participar no acolhimento aos peregrinos”, disse o padre José Nuno da Silva em declarações à Agência ECCLESIA.

O capelão do Santuário de Fátima explica que os jovens vão passar o dia no acolhimento aos peregrinos “em vários lugares” para além do santuário, por exemplo, em Aljustrel, nos Valinhos, na Via-Sacra e na Loca do Anjo, a partir da próxima segunda-feira, entre 29 de julho a 1 de setembro, ao longo de cinco sessões.

“Queremos que os peregrinos se sintam encontrados, se sintam reconhecidos quando vêm ao santuário e ter um jovem que os aborda no recinto, estabelece relação e lhes propõe alguma coisa”, desenvolve o sacerdote

Os voluntários vão, por exemplo, responder a informações, propor o itinerário dos peregrinos, oferecer uma pagela para as crianças ou uma proposta de um peddy-paper, a “informação do dinamismo” da Pastoral da Juventude do santuário “para oferecer a quem é jovem, um postal para oferecer às pessoas de idade”.

O padre José Nuno da Silva sublinha que querem “suscitar o encontro” e a experiência que têm da primeira edição é que “o testemunho dos peregrinos tem uma potência de interpelação imensa”.

“É um mundo pastoral sem fim, um lugar de evangelização imenso também que o testemunho dos peregrinos suscita em quem tem a graça de se pôr diante deles numa atitude de acolhimento”, realça.

O Projeto «SETE», imersão de voluntariado no Santuário de Fátima é uma atividade para jovens entre os 18 e os 35 anos e na segunda edição, adianta o sacerdote, têm “muitas mais inscrições”.

Foto Santuário de Fátima – Projeto Sete (2018)

A iniciativa inspira-se na sétima aparição de Nossa Senhora a Lúcia, no dia 15 de junho de 1921, quando a vidente está “a sofrer porque vai deixar a sua Fátima e vai para o Porto”, mais concretamente “o asilo de Vilar”, mas “está numa tremenda angústia entre obedecer e não obedecer”.

“Vem ao encontro daquilo que queremos com os jovens, é a idade destas indecisões, de procuras, hesitações e queremos inspirar-nos no exemplo de Lúcia que é uma mulher imensa, para descobrir aquilo que hoje é próprio da vivência da vida como uma vocação”, desenvolve o padre José Nuno da Silva.

As inscrições para o projeto ‘SETE’ são realizadas através de um formulário online no sítio do Santuário de Fátima, “no máximo, até 15 dias antes do turno pretendido”, e entre 12 e 25 de agosto o turno é bilingue, em português e inglês, mas já se encontra “totalmente preenchido”.

CB

Partilhar:
Share