Autarquia destaca «espírito de abnegação e amor ao próximo»

Foto: C. M. Viseu

Viseu, 21 fev 2020 (Ecclesia) – O Município de Viseu manifestou hoje o seu “profundo pesar” pelo falecimento de D. Ilídio Leandro, bispo emérito da Diocese local, referindo que o responsável católico “serviu com espírito de abnegação e amor ao próximo a comunidade viseense”.

“A profunda renovação que empreendeu na Diocese de Viseu e as qualidades pastorais e humanas reveladas na relação com as populações e as mais diversas instituições da cidade e região são marcas indeléveis do seu percurso, que todos reconhecem”, lê-se num comunicado da autarquia, que em 2018 lhe atribuiu “a mais elevada e rara distinção municipal”, o Viriato de Ouro.

“A título simbólico e em sua homenagem, a Bandeira do Município será colocada a meia haste durante 3 dias”, acrescenta a nota oficial.

D. Ilídio Pinto Leandro, bispo emérito da Diocese de Viseu, faleceu hoje aos 69 anos de idade, no Hospital de São Teotónio (Viseu), onde estava internado, após agravamento da sua saúde.

“Foi para mim uma altíssima honra trabalhar com quem, como eu, se disponibilizou, ao longo destes 12 anos, para servir em qualquer área da vida social, familiar, eclesial ou política, disponibilizando-se para melhorar a comunidade a que cada uma e cada um pertencem e responder às necessidades de cada pessoa e de cada Comunidade, em cada situação concreta”, disse, na celebração de agradecimento e despedida promovida pela diocese, em 2018.

Bispo de Viseu desde 23 de julho de 2006, D. Ilídio Leandro pediu a resignação por motivos de doença, dado que sofreu um AVC e estava a fazer tratamentos a um cancro na tiroide; Francisco aceitou a renúncia em 2018.

Ilídio Pinto Leandro nasceu a 4 de dezembro de 1950, em Rio de Mel, Distrito e Diocese de Viseu; terminados os estudos em Filosofia e Teologia, no Seminário Maior de Viseu, recebeu a ordenação sacerdotal a 25 de dezembro de 1973, na Catedral de Viseu; foi diretor da Pastoral Juvenil, a nível nacional.

Bento XVI nomeou-o bispo de Viseu a 10 de junho de 2006 e a ordenação episcopal decorreu a 23 de julho do mesmo ano.

OC

Partilhar:
Share