Mensagem assinalou memória litúrgica de São João Maria Vianney

Viseu, 05 ago 2021 (Ecclesia) – O bispo de Viseu enviou uma carta aos padres da diocese, na memória litúrgica de São João Maria Vianney (4 de agosto), sublinhando que o sacerdócio é “um dom de Deus” e pedindo oração por novas vocações.

“Rezemos todos pela santificação dos sacerdotes, pelos seminaristas e aumento das vocações sacerdotais. Convido os sacerdotes a vivermos com testemunho de fé, esperança, caridade, alegria e confiança o nosso ministério sacerdotal e o múnus de pároco”, refere D. António Luciano, num texto enviado à Agência ECCLESIA.

A mensagem apresenta São João Maria Vianney (1786-1859) como “sacerdote exemplar, humilde e que viveu as virtudes heroicas no exercício do seu ministério”.

“Como pároco de Ars, numa França descristianizada e secularizada, colocou a pequena comunidade no centro de uma verdadeira reflexão sobre a vida e missão do sacerdote, pároco de uma comunidade pequena paróquia, quase esquecida da sua diocese”, recorda.

Tornou-se conhecido e apreciado por todos, com uma atenção especial aos pecadores que acolhia no confessionário, sendo para eles um pai e um instrumento fiel da misericórdia de Deus”.

O bispo de Viseu convida todos os padres a “viver com alegria a vocação sacerdotal ao serviço de Cristo, da Igreja e dos irmãos”.

“Eis o segredo de uma vida em fidelidade e santidade no ministério para produzir fruto de novas vocações sacerdotais”, conclui D. António Luciano.

OC

Partilhar:
Share