Celebração da Missa é presidida pelo arcebispo de Évora às 16h00

Vila Viçosa, 01 mai 2020 (Ecclesia) – O Serviço Nacional de Acólitos (SNA) promove hoje através das redes sociais na Peregrinação Nacional dos Acólitos, com a celebração de uma Eucaristia, às 16h00, celebrada no Santuário de Vila Viçosa, da Arquidiocese de Évora.

“Vila Viçosa, é lá que está a rainha e padroeira de Portugal. Queremos pedir a Nossa Senhora da Conceição: protege este país, cuida de cada um de nós, cuida das nossas famílias, das nossas comuidades”, afirmou o diretor do SNA, o padre Luís Leal.

Na nota enviada à Agência ECCLESIA, o Serviço Nacional de Acólitos divulga que a Missa, refere que 24ª Peregrinação Nacional dos Acólitos (PNA) vai ser presidida pelo arcebispo de Évora, D. Francisco Senra Coelho, que divulgou uma mensagem vídeo onde valoriza o serviço dos acólitos e convida todos à participação na “peregrinação virtual”.

A Peregrinação Nacional dos Acólitos é um um “dia especial para os acólitos portugueses”, que acontece normalmente em Fátima no dia 1 de maio de cada ano, e, na impossibilidade de acontecer presencialmente, o SNA propõe “forma de peregrinação diferente” mas “não menos importante”.

O SNA informa que a Eucaristia vai ser transmitida online, a partir das 16h00, na rede social Facebook através da sua página e também na página do Santuário da Padroeira de Portugal; antes, os acólitos são convidados a rezar o terço seguindo o guião proposto pelo Serviço Nacional de Acólitos.

Serviço Nacional de Acólitos é um departamento do Secretariado Nacional de Liturgia, da Comissão Episcopal de Liturgia e Espiritualidade, destinado a promover e apoiar o exercício do ministério dos Acólitos, segundo as orientações da Igreja.

Numa mensagem dirigida aos acólitos de Portugal, o presidente da Comissão Episcopal de Liturgia e Espiritualidade pede a todos os acólitos para participarem nesta iniciativa do Serviço Nacional de Acólitos, lembrando que o serviço do “altar de Cristo no mundo” acontece também em casa de cada um.

“Participa e sê servidor do altar de Cristo no mundo a começar pela tua casa”, afirma D. José Cordeiro na mensagem divulgada pelo Serviço Nacional de Acólitos.

 

CB

 

 

Partilhar:
Share