«O início do caminho até Lisboa 2023 para o grande encontro com o Papa Francisco» – D. António Azevedo

Vila Real, 05 set 2022 (Ecclesia) – A Diocese de Vila Real recebeu a Cruz e o ícone mariano da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que iniciaram a peregrinação pelos arciprestados, numa passagem acompanhada pelo Grupo de Motards de Chaves e pelas comunidades “com flores”.

“Durante o percurso, várias comunidades esperavam a passagem dos símbolos na estrada com flores que lançaram sobre a carrinha que transporta os símbolos da JMJ Lisboa 2023”, informa o Comité Organizador Diocesano (COD) de Vila Real para a JMJ Lisboa 2023.

Na nota enviada hoje à Agência ECCLESIA, o COD Vila Real explica que receberam a cruz peregrina e o ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani da Diocese de Bragança-Miranda, na ponte de Rebordelo, no concelho de Valpaços.

Depois, começou uma peregrinação pela estrada Nacional 103 acompanhada pelo Grupo de Motards de Chaves até “ao Km0 da Estrada Nacional2”, na cidade flaviense, onde estava o Grupo de Gaiteiros da Escola de Música de Chaves, jovens e muitos adultos que levaram a cruz e o ícone mariano até à Praça de Camões, passando pela Ponte Romana e o centro histórico da cidade transmontana.

O bispo de Vila Real, D. António Augusto Azevedo, afirmou que era o “início do caminho até Lisboa 2023 para o grande encontro com o Papa Francisco”, na receção celebrativa com canto, oração e saudação aos dois símbolos da Jornada Mundial da Juventude, na igreja matriz de Chaves.

CB

 

Vila Real: Diocese recebe peregrinação dos símbolos da Jornada Mundial da Juventude

Partilhar:
Share