D. Anacleto Oliveira disse que todos os cristãos «são chamados a dar catequese»

Início da Vigília Pascal em Viana do Castelo – Foto padre Renato Oliveira/Secretariado Diocesano de Comunicação Social de Viana do Castelo

Viana do Castelo, 1 abr 2018 (Ecclesia) – O bispo de Viana do Castelo afirmou na homilia da Vigília Pascal que Anúncio da ressurreição faz-se com palavras e “sobretudo com a vida” e alertou todos os cristãos para a necessidade de serem catequistas.

Os cristãos, “sem exceção”, são “chamados a dar catequese já que todos devem anunciar que o Crucificado ressuscitou, não apenas com palavras, mas sobretudo com a vida”, disse D. Anacleto Oliveira, de acordo com declarações enviadas à Agência ECCLESIA pelo Secretariado Diocesano de Comunicação Social de Viana do Castelo.

Para o bispo de Viana do Castelo, o cristão deve “deixar-se invadir pela novidade da ressurreição, mostrando-a com a totalidade da sua própria vida”.

“Se assim for, todos seremos catequistas”, referiu D. Anacleto Oliveira.

Na homilia da Vigília Pascal, o bispo de Viana do Castelo quis recordar os muitos milhares de homens e mulheres que “de modo sistemático e organizado se dedicam a transmitir a mensagem cristã através da catequese”.

PR

Partilhar:
Share