Congregações religiosas são convidados a se unirem em «comunhão com todas as pessoas afectadas» pelo Covid-19

Lisboa, 21 mar 2020 (Ecclesia) – A União Internacional de Superiores e Superioras Gerais convida as congregações religiosas a unirem-se em oração, amanhã, domingo, para um dia de Solidariedade e Oração, em “comunhão com todas as pessoas que têm sido afetadas pelo coronavírus”.

“Nós, religiosas e religiosos de todo o mundo, sentimo-nos chamados a responder à crise mundial do coronavírus em solidariedade com os outros, especialmente os mais vulneráveis e os que correm mais riscos, seguindo, em primeiro lugar, as diretrizes da Organização Mundial da Saúde e dos nossos próprios governo”, afirma um comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA.

A União Internacional de Superioras Gerais é uma organização internacional que reúne as Congregações religiosas canonicamente aprovadas.

Através da “oração e do testemunho da nossa responsabilidade de nos cuidarmos mutuamente, através de uma solidariedade concreta e consciente”, a UISG quer, desta forma exprimir a solidariedade e comunhão “com todas as pessoas do mundo, nossos irmãos e irmãs”.

“Lembramos e agradecemos de modo muito particular àqueles que estão na primeira linha a cuidar dos doentes, àqueles que se dedicam a projetos de investigação na busca de remédios e àqueles que trabalham nos serviços públicos”, sublinha o comunicado.

A UISG sugere a Oração do Papa Francisco, por ocasião do Dia de Oração e Jejum, no Santuário do Divino Amor, no passado dia 11 de março de 2020:

Ó Maria,
Tu resplandeces sempre no nosso caminho
como sinal de salvação e de esperança.
Confiamo-nos a Ti, Saúde dos enfermos,
que junto à cruz foste associada à dor de Jesus,
mantendo firme a tua fé. 

Tu, Salvação do povo romano,
sabes do que precisamos
e temos a certeza de que providenciarás
para que, como em Caná da Galileia,
possam voltar a alegria e a festa
depois deste momento de provação.

Ajuda-nos, Mãe do Divino Amor,
a conformar-nos à vontade do Pai
e a fazer o que Jesus nos disser,
Ele que assumiu sobre Si os nossos sofrimentos
e carregou as nossas dores
para nos guiar, através da cruz,
à alegria da ressurreição.
Ámen!

Sob a tua proteção procuramos refúgio,
Santa Mãe de Deus. Não desprezes as nossas súplicas,
nós que estamos na provação,
e livra-nos de todos os perigos,
ó Virgem gloriosa e bendita!

Partilhar:
Share