Conselhos provinciais de Portugal e Espanha; Foto Combonianos

Lisboa, 22 mar 2019 (Ecclesia) – Os Missionários Combonianos de Portugal e de Espanha estão a dinamizar uma campanha de solidariedade com o povo de Moçambique e disponibilizaram uma conta bancária para recolher donativos.

“Queremos solidarizar com todas as pessoas que estão a sofrer e, como províncias de Portugal e Espanha, queremos enviar-vos uma ajuda económica”, escreveram os conselhos provinciais ibéricos dos Combonianos numa nota divulgada hoje.

Na informação enviada à Agência ECCLESIA, pelos Combonianos portugueses, os missionários assinalam que “nem tudo se resolve com o dinheiro” mas, em momentos “em que se perde tudo”, a caridade e a solidariedade “são fundamentais para que os homens, mulheres e crianças de Moçambique possam recobrar a sua dignidade”.

Há uma semana, a passagem do ciclone Idai por Moçambique, especialmente pela região da Beira, a quarta cidade do país lusófono, “causou destruição, morte e sofrimento”, os últimos números do Governo contabilizam 294 mortos e avisam que, pelo menos, 15 mil pessoas estão em perigo.

Os responsáveis do Instituto missionário em Portugal e Espanha, reunidos no encontro anual em Moncada, aos religiosos Combonianos em Moçambique manifestam união, bem como “a todo o povo” e asseguram que têm “rezado por todos”.

Os Missionários Combonianos de Portugal disponibilizaram a conta bancária PT50 0007 0059 0000 0030 0070 9 para recolher donativos e informam que o valor angariado vai ser gerido pelos “Combonianos que trabalham em Moçambique”.

“A Quaresma deste ano tem nome e apelido em cada uma das vítimas, mas a Páscoa que brevemente celebraremos dará sentido a tanta dor”, observam os responsáveis do Instituto missionário em Portugal e Espanha, na nota divulgada hoje.

O Ciclone Idai atingiu também outros países africanos, como o Zimbabué, onde já morreram pelo menos 98 pessoas, e o Malawi, que regista 56 vítimas mortais.

CB

Solidariedade: Cinco campanhas para ajudar as vítimas do ciclone em Moçambique

Partilhar:
Share