Foto: Padre João Cunha Viana, Diocese de Viana do Castelo

Viana do Castelo, 27 mar 2019 (Ecclesia) – A Diocese de Viana do Castelo está de luto pela morte do padre João Cunha Viana, pároco de Santa Leocádia de Geraz do Lima, que aos 91 anos era o sacerdote mais idoso em atividade naquele território.

Em comunicado enviado esta quarta-feira à Agência ECCLESIA, a diocese vianense destaca também a vertente de “investigador, historiador e escritor” do padre João Cunha Viana, que “entre muitas outras iniciativas” coordenou a celebração “do aniversário milenar da Paróquia de Santa Leocádia de Geraz do Lima, em 2013”.

Nascido a nasceu no dia 2 de junho de 1928, na Paróquia de Cardielos, integrada no Arciprestado de Viana do Castelo, o padre João Costa Cunha Viana entrou no Seminário de Nossa Senhora da Conceição, em Braga, em 1939, de onde passou ao Seminário Conciliar para frequentar os Cursos de Filosofia e de Teologia.

Foi ordenado sacerdote no dia 8 de julho de 1951 por D. António Bento Martins Júnior, então arcebispo de Braga, e poucos dias depois, a 30 de agosto, foi nomeado pároco de Infesta, no atual Arciprestado de Paredes de Coura.

O padre João Costa Cunha Viana permaneceu em Infesta durante sete anos, até ser transferido para a comunidade de Santa Leocádia de Geraz do Lima, em 25 de agosto de 1958, onde esteve durante mais de 60 anos, até à sua morte.

De acordo com o Secretariado Diocesano de Comunicação Social de Viana do Castelo, as cerimónias fúnebres em honra do padre João Costa Cunha Viana decorrem esta quinta-feira, dia 28 de março, a partir das 15h30, na igreja paroquial de Santa Leocádia de Geraz do Lima, presididas pelo bispo de Viana do Castelo, D. Anacleto Oliveira.

JCP

Partilhar:
Share