D. Anacleto Oliveira destacou «a importância da visão»

Foto Diocese de Viana do Castelo

Viana do Castelo, 27 dez 2019 (Ecclesia) – A Diocese de Viana do Castelo dinamizou esta manhã a recoleção-convívio de Natal do seu clero, com momento de oração e reflexão, no Centro Pastoral Paulo VI, em Darque.

“É impressionante o número de vezes que na Liturgia da Palavra da festa de São João Evangelista aparece o verbo ‘ver’. Leva-nos a perceber a importância da visão, a par dos outros sentidos de que as leituras também falam”, disse D. Anacleto Oliveira, na sua homilia.

Uma nota enviada à Agência ECCLESIA, informa que o bispo de Viana do Castelo acrescentou que se pode “ver como a visão está unida à fé”, “a partir da figura do discípulo amado apresentada no Evangelho”.

“Aquilo que somos é fruto do amor de Deus que nos olha e nos acolhe e só na medida em que nos deixamos olhar por Jesus é que podemos ver-nos uns aos outros por aquilo que temos de positivo e não pelo que temos de negativo como muitas vezes temos a tentação de fazer”, desenvolveu D. Anacleto Oliveira.

O Secretariado Diocesano de Comunicação Social de Viana do Castelo assinala que a Eucaristia “ficou marcada” pelo “juramento de fidelidade” os seminaristas que vão ser ordenados diáconos este domingo, dia 29.

Para além da celebração da Missa, da oração e do convívio, a recoleção-convívio de Natal do clero da diocese do Alto Minho teve uma reflexão orientada pelo padre Jesuíta Rui Nunes.

CB

Partilhar:
Share