Restos mortais do bispo emérito chegaram à Catedral do Alto Minho

Foto: Diocese de Viana do Castelo

Viana do Castelo, 15 out 2020 (Ecclesia) – A Catedral de Viana do Castelo recebeu hoje os restos mortais de D. José Pedreira, bispo emérito da diocese que faleceu esta quarta-feira, aos 85 anos de idade, no Hospital de Braga.

“Com a presença de um grupo de fiéis realizaram-se os ritos de acolhimento do féretro na Catedral sobre a presidência do mons. Sebastião Pires Ferreira, administrador diocesano”, informa um comunicado enviado à Agência ECCLESIA pela Diocese de Viana do Castelo.

As exéquias são ser celebradas esta sexta-feira, pelas 15h00, na Catedral do Alto Minho, sendo o falecido bispo sepultado Cemitério Municipal de Viana.

Mons. Sebastião Pires Ferreira referiu hoje aos fiéis presentes na Sé de Viana do Castelo que a  “vida é um mistério”, ligado, para os crentes, ao próprio Deus.

“Vimos também de infinito e, no momento próprio, nós que estávamos guardados no coração de Deus, fomos concebidos e aí sim, entramos na biologia, entramos no tempo e começamos uma outra rota que tem um princípio, tem um meio e tem um fim, como agora assim constatamos”, assinalou.

O responsável diocesano deixou um agradecimento ao falecido bispo emérito.

“Que o Senhor, a este nosso irmão que tanto bem fez desde Braga até Viana do Castelo, lhe dê o eterno descanso, e o recompense até à luz perpétua o que ele como sacerdote e bispo semeou”, concluiu.

D. José Pedreira, terceiro bispo da diocese do Alto Minho, era padre desde 1959; em 1982, João Paulo II nomeou-o bispo auxiliar do Porto e, em outubro de 1997, bispo de Viana do Castelo, missão que desempenhou até 2010.

OC

Viana do Castelo: Faleceu D. José Pedreira, bispo emérito da diocese (c/video)

 

Partilhar:
Share