Celebração marcada para 15 de novembro

Cidade do Vaticano, 09 nov 2020 (Ecclesia) – O Papa vai assinalar este domingo, no Vaticano, o IV Dia Mundial dos Pobres com a celebração da Missa na Basílica de São Pedro, pelas 10h00 (menos uma em Lisboa).

A informação foi avançada pelo Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização (CPPNE), responsável pela organização da iniciativa criada por Francisco, que acontece anualmente no penúltimo domingo do ano litúrgico.

A celebração do Dia Mundial dos Pobres 2020 vai ser apresentada, em conferência de imprensa, esta quinta-feira, no Vaticano, pelo presidente do CPPNE, D. Rino Fisichella, e o secretário do mesmo organismo da Santa Sé, mons. Graham Bell.

A mensagem para esta iniciativa foi publicada a 13 de junho, dia de Santo António, com o tema ‘Estende a tua mão ao pobre’.

Francisco sustenta que a atenção aos mais necessitados é “condição da autenticidade da fé”.

“Todos os anos, com o Dia Mundial dos Pobres, volto a esta realidade fundamental para a vida da Igreja, porque os pobres estão e sempre estarão connosco para nos ajudar a acolher a companhia de Cristo na existência do dia a dia”, escreve.

Desde 2017, a celebração promovida por Francisco quer colocar a pessoa em situação de pobreza no centro do agir da Igreja; este ano a mensagem para a celebração, no dia 15 de novembro, alude ao impacto da pandemia de Covid-19.

“Nestes meses, em que o mundo inteiro foi dominado por um vírus que trouxe dor e morte, desconforto e perplexidade, pudemos ver tantas mãos estendidas! A mão estendida do médico que se preocupa de cada paciente, procurando encontrar o remédio certo”, pode ler-se.

O Papa presta homenagem a todas as mãos que “desafiaram o contágio e o medo, a fim de dar apoio e consolação”.

LS/OC

Partilhar:
Share