Francisco e Moon Jae-in analisaram situação na região, com apelos à paz e ao diálogo

Cidade do Vaticano, 29 out 2021 (Ecclesia) – O Papa recebeu hoje no Vaticano o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, com quem debateu a situação na região, deixando apelos à paz e ao diálogo.

A Santa Sé informa, em comunicado divulgado após a audiência privada de cerca de 25 minutos, que os dois responsáveis “partilham a esperança de que o compromisso comum e a boa vontade favoreçam a paz e o desenvolvimento na Península da Coreia, sustentados pela solidariedade e a fraternidade”.

Moon Jae-in ofereceu ao Papa uma cruz feita de arame farpado da zona desmilitarizada na fronteira com a Coreia do Norte, como “símbolo da paz”.

Francisco entregou ao presidente sul-coreano uma medalha de bronze e cópias de várias das suas mensagens sobre a paz e a pandemia.

Segundo o Vaticano, as duas partes “manifestaram satisfação pelas boas relações” existentes e o “contributo positivo que a Igreja Católica oferece à sociedade”, em particular na “promoção do diálogo e da reconciliação entre os coreanos”.

Moon Jae-in reuniu-se ainda com o cardeal Pietro Parolin, secretário de Estado do Vaticano, acompanhado por D. Paul Richard Gallagher, secretário para as relações com os Estados.

Em cima da mesa estiveram temas ligados à “atualidade regional e a emergências humanas”.

OC

Partilhar:
Share