Francisco destacou importância de redescobrir a «escuta» no processo sinodal

Cidade do Vaticano, 25 out 2021 (Ecclesia) – O Papa recebeu hoje os participantes numa peregrinação ecuménica vinda da Alemanha, destacando a importância de redescobrir a “escuta” no processo sinodal que a Igreja Católica está a viver.

“Estamos a reaprender a escuta no processo sinodal”, assinalou, no Auditório Paulo VI.

A peregrinação intitulada ‘Com Lutero ao Papa’ contou com um momento musical que uniu participantes de várias Igrejas.

“Cantar une as pessoas. No coro, ninguém está sozinho: é importante escutar os outros. Desejo esta disponibilidade de escuta para a Igreja”, apontou Francisco.

Queridos amigos, escutem também a melodia de Deus nas suas vidas; a melodia que o Senhor compôs dentro das suas vidas. Abram não somente os seus ouvidos, mas também os corações.

O Papa despediu-se dos peregrinos desejando que estes “ouçam sempre a melodia de Deus”.

“Um canto é formado por muitas vozes. E o mesmo acontece com o ecumenismo, na Alemanha e em muitas outras partes do mundo”, concluiu.

OC

Partilhar:
Share