Encontro privado decorreu antes da audiência geral

Foto: Vatican Media

Cidade do Vaticano, 22 set 2021 (Ecclesia) – O Papa recebeu hoje em privado um grupo de famílias cristãs fugidas de Cabul, informou o Vaticano.

O encontro decorreu antes da audiência pública semanal desta semana, com a presença de 14 pessoas, incluindo sete menores; outra criança, com um ano de idade, foi hospitalizada para tratar uma infeção grave e encontra-se em recuperação.

A sala de imprensa da Santa Sé refere, em nota enviada aos jornalistas, que os presentes falaram da “angústia pela incerteza vivida após o regresso do talibã” ao poder no Afeganistão, e da chegada à Itália, fechados durante “quatro dias e quatro noites”, com receio dos fundamentalistas.

Pary Gul quis oferecer ao Papa o anel do seu marido, que foi preso e do qual não voltaram a ter notícias, mas Francisco pediu-lhe que o mantivesse com ela, em sinal de “amizade e de esperança”.

As famílias estão alojadas na área de Bérgamo, norte de Itália, graças a uma rede de solidariedade coordenada pelo escritor Alì Ehsani.

OC

Partilhar:
Share